25 de novembro de 2009

ATIVIDADES DO PROJETO CAIS

Dia 26 de fevereiro haverá o lançamento do Livros Cais na escola com apresentação dos alunos premiados através das atividades abaixo desenvolvidas.

http://www.guiadeblumenau.com.br/hauptseite/fatima/poema4.htm
CONCURSO LITERÁRIO ORGANIZADO NA BIBLIOTECA PRINCESA ISABEL PELA Profª Fátima - E.B.M PASTOR FAULHABER - Blumenau -SC. Projeto Cais- Oficina de Poesia (47) 84375004
Apoio da Diretoria, coordenadoras, professores e profissionais da referida escola.

Abaixo os alunos selecionados:
É importante lembrar que os pais autorizaram por escrito na agenda escolar, a participação e divulgação dos nomes, trabalhos e imagens aqui apresentados.

Luana Ramalho (9 anos) 4º Ano (Profª Gertrudes Sens)
"Através dos livros, viajo pelo mundo da imaginação!"
......................

Luana Ramalho - 1º Lugar no Concurso de Frases Ilustradas no Jornal de Santa Catarina.
Crianças com a professora regente da turma do 4º Ano 2009.


PROJETO CAIS - Livro da Profª Fátima Titulo da foto: Visitando escolas.



"Através dos livros, viajo pelo mundo da imaginação!"
.....................
Fabiane Malitz
"O livro, não é só para brincar, é para ler"
......................
Priscila Aparecida dos Santos
Através do livro, se torna mais fácil a comunicação entre as pessoas".
...........................
Cinthia Valle Nardes
A sabedoria de um livro passa para a pessoa que o lê".
..........................
Jéssica dos Santos de Paula
"O livro nos ajuda a desenvolver ainda mais a nossa cultura"..
..........................
Jaqueline de Abreu
"O livro me ensinou muitas coisas boas que eu não sabia".
..........................
CATEGORIA POESIA - 1º LUGAR
Lidiane Fagundes
"O livro para mim é um tesouro.
Tesouro que enriquece.
Se esquecermos do livro,
também do tesouro se esquece".

....................
Frase de aluno do 4º ano
"As histórias que eu leio nos livros, ficam guardadas em minha memória, para que no futuro eu possa contar para meus filhos".
......................
Stefanie de Sousa Pereira
"O livro é especial para mim. Quando o livro se fecha, toda a diversão se acaba".
.....................
Michael de Franco Almeida
"Um livro de poesia, é um pouco de alegria".
.......................
Profª Cláudia
3º Ano
Henrique
"O livro é meu melhor companheiro,
a biblioteca é minha vida".

...................
"A biblioteca é bonita, cheia de livros de infância e de poemas."
....................
"O livro é meu amigo, está sempre comigo".
......................
Bruna Vitória Pereira
"Eu agradeço hoje, por poder ler um bom livro".
...................
"Se do livro não gostasse, porque o pegaria... Mas gosto muito, então escrevi esta poesia!"
...................
"Os versos num livro são muito bonitos, assim como as estantes com seus livros, bem arrumadinhos"........
"O livro é meu amigo, sempre vai aonde vou. Se estou na biblioteca, com ele feliz eu sou".
"Livro, gosto de você como se fosse meu amigo".
.............
"Eu gosto muito de ler um livro na biblioteca. Saber ler, é saber interpretar histórias".
..................
Profª Andrea Mafra - 4ª série
Sabrina Aparecida Moreira.
"O livro é meu amigo.Para conhecer e aprender muitas coisas, preciso ler. A leitura é uma aventura".
............................
Camila Dalçóquio
"Todo dia é dia de ler".
.....................
Jonathan
"O livro é cultura para ser lida e divertida".
................
Thais Seixas da Luz
"Deus desenhou o mundo e os homens, para fazer coisas boas.Eu acho que o livro foi uma destas coisas muito boas".
..........
Gabriele Rosa Pinto
"Deus criou as pessoas, que criaram os livros para o mundo ficar mais bonito. E eu entendo disso, pois Deus, as pessoas e os livros, são meus amigos.................
Brenda Antunes
"O livro faz voar a minha imaginação.
O que há dentro dele? Fico pensando antes de abri-lo.
Quando o abro, me divirto, aprendendo com meu amigo".

....................
Wanderléia de Almeida
O amigo tem que ser fiel e companheiro.
Amigo tem que ajudar nas tarefas.
Amigo, tem que brincar e zoar muito.
Isso que é amigo verdadeiro.
Amigo assim, encontro na biblioteca.
O livro é meu bom companheiro.

.....................
Terezinha Pré - escolar
...........................
Priscila - e 1º Ano
Cartinhas e desenhos

Querida Duda
Eu me chamo Dudu, quase igual ao seu nome Duda. Adorei a sua voz e conecer você pela internet. Um beijão do Eduardo.

..........
Gostei muito de você.
Você cantou músicas lindas e sua voz é muito bonita.
Logo todas as cartas estarão aqui...
...........

20 de novembro de 2009

TALENTO ARTÍSTICO NA PASTOR FAULHABER

Nossos alunos querem saber:
Então, aqui estão algumas dicas sobre feeds - RSS


Usando web feeds (RSS)
A seguir, respostas para algumas perguntas mais comuns sobre o uso de feeds (RSS).

O que é um feed?

O feed, também conhecido como RSS feed, XML feed, conteúdo agregado ou web feed é um conteúdo freqüentemente atualizado e publicado por um site. Geralmente ele é usado em sites de notícias e blogs, mas também serve para distribuir outros tipos de conteúdo digital como imagens, áudio e vídeo. Os feeds também podem ser usados para fornecer conteúdo em áudio (normalmente no formato MP3) que pode ser ouvido no computador ou em um MP3 player. Isso é denominado podcasting.

Como eu sei se um site oferece feeds?

Quando você visita um site pela primeira vez, o Internet Explorer procura feeds. Se eles estiverem disponíveis, o botão Feeds muda de cor e emite um som.

Como eu posso ver um feed?
Quando você visita uma página da Web o botão Feeds muda de cor, informando que existente feeds disponíveis. Clique no botão Feeds e depois clique no feed que você deseja ver. Se o site também oferecer Web Slices, você verá o botão Web Slice . Para obter o conteúdo automaticamente, você deve assinar um feed.

Como assinar um feed?

Para assinar um feed, siga estas instruções:

Entre na página da Web que possui o feed que você deseja assinar.
Clique no botão Feeds para descobrir feeds na página da Web. Se o site também oferecer Web Slices, você verá o botão Web Slice .
Clique em um feed (se houver mais de um disponível). Se apenas um feed estiver disponível, você irá diretamente para essa página.
Clique em Assinar este Feed.
Digite um nome para o feed e selecione a pasta na qual ele será criado.
Clique em Assinar.

Como adiciono um feed à barra de Favoritos?

Para adicionar um feed à Barra de Favoritos, assine o feed e clique na marca de seleção Adicionar à Barra de Favoritos, na caixa de diálogo Assinar este Feed. Se você já tiver assinado o feed, poderá clicar no botão Adicionar à Barra de Favoritos e adicionar o botão à Barra de Favoritos

Em que um feed é diferente de um site?
O feed pode ter o mesmo conteúdo que uma página da Web, porém o seu formato é diferente. Quando você assina o feed, o Internet Explorer verifica o site automaticamente e baixa conteúdos novos, para você ver o que há de novo desde que visitou o feed pela última vez.

Como posso obter um conteúdo atualizado automaticamente?

Você pode receber o conteúdo automaticamente, assinando um web feed. Quando você assina um web feed , também define um intervalo em que o Internet Explorer verificará o site em busca de atualizações. Depois de definir esse intervalo, o Internet Explorer irá baixar automaticamente a lista mais atualizada de web feeds. Clique em Tópicos Relacionados para aprender como assinar web feeds.

Assinar um feed custa dinheiro?

Não, geralmente é grátis assinar um feed.

Como posso ver os feeds que assinei?

Você verá os feeds na guia Feeds na Central de Favoritos. Para ver os seus feeds, clique no botão Favoritos e clique em Feeds.

Outros programas podem exibir os feeds que assinei?
Sim, o Internet Explorer fornece a Lista de Feeds Comuns para outros programas. Assim, você pode assinar os feeds com o Internet Explorer e lê-los em outros programas como clientes de email.

O que significa RSS?

RSS significa Really Simple Syndication (agregação realmente simples) e é usado para descrever a tecnologia usada na criação de feeds.

Em que formato os feeds são fornecidos?

Os formatos mais comuns são RSS e Atom. Os formatos de feeds são atualizados constantemente com novas versões. O Internet Explorer oferece suporte para RSS 0.91, 1.0 e 2.0, e ATOM .3, 1.0. Todos os formatos de web feeds são baseados no XML (Extensible Markup Language), uma linguagem de computador baseada em texto e usada para descrever e distribuir dados e documentos estruturados.
.............................

É possível exibir o conteúdo atualizado no Internet Explorer e em outros programas que usam a Lista de Feeds Comuns.

Estes são alguns feeds que estão em nosso blog e que servem como exemplo:
http://bibliotecaleituraepesquisa.blogspot.com/feeds/comments/default

BIBLIOTECA - LEITURA E PESQUISA
quarta-feira, 21 de outubro de 2009, 15:45:33

Professora Fátima É com muita satisfação que verif...
quarta-feira, 21 de outubro de 2009, 15:45:33 | noreply@blogger.com (Adalberto Day)
Professora Fátima
É com muita satisfação que verifiquei que você acompanha nosso trabalho, e assim farei também. Ser Professor é a arte de educar. Durante vários anos tralhei como professor de História, Sociologia e Filosofia e me orgulho muito disso.
Educar é tudo, mas sempre ensinava aos meus alunos, que sempre deveriam pesquisar e não aceitar tudo pronto conforme o professor explica. Dizia isso, pois não somos o detentor absoluto do conhecimento, apenas repassamos o que apreendemos e nossa experiência. Ensinava aos meus alunos como exemplo, que o Universo não é infinito, como aprendi e creio que todos. O universo é finito sim...teria que explicar muito, em poucas palavras, mas o que é infinito é aquilo que está fora do universo, ou seja: O NADA...e a vai longe. Por isso “O que é a verdade?..a verdade é aquilo que aprendemos, mas nem sempre aquilo que nos foi ensinado é a verdade”...é simples pois repassamos o que nos foi ensinado, pelos nossos primeiros mestres, nossos pais, e pessoas próximas. Já estou me estendendo muito...é sempre assim
Também tenho uma vasta lista de atividades, com jornais,TVs e Rádios...escrevo para três o Santa Catarina que já tenho 255 publicações, e o GARCIA que escrevo mensalmente e o Folha de Blumenau que escrevo semanalmente na coluna de esportes. Trabalhei também 25 anos na Artex setor de Recursos Humanos.Diversos trabalhos comunitários, do que mais me orgulho, é fazer parte da comissão pró construção do AGG- Ambulatório Geral do Garcia, sem nossa participação, sem essa comissão presidida por Carlos A. Salles de Oliveira, este AGG, não existiria, te garanto isso.Faço parte de vários institutos de História e Geografia.
.Parabéns pelo seu trabalho.
Adalberto Day cientista social e pesquisador.

Muito bacana prof! Parabens pelo trabalho! :) Nos...
terça-feira, 18 de agosto de 2009, 14:53:48 | noreply@blogger.com (E.B.M. RODOLFO HOLLENWEGER)
Muito bacana prof! Parabens pelo trabalho! :)
Nossa Escola acompanha o Blog de vocês e está achando muito criativo.

Quando lemos, para adquirir conhecimento, depois d...
domingo, 9 de agosto de 2009, 21:17:57 | noreply@blogger.com (Liane)
Quando lemos, para adquirir conhecimento, depois da leitura sabemos algo que antes não sabíamos. Para que a leitura se resolva em formação, é necessária uma relação estreita entre texto e subjetividade, e isso pode ser entendido como experiência. Experiência é aquilo que nós passamos, vivemos. O conhecimento é algo rico se nos informa, nos comove no íntimo e nos faz refletir.Parabéns por este trabalho maravilhoso! Bjos, Liane

Estou aqui para fazer-lhe uma proposta, que eu con...
sábado, 18 de julho de 2009, 22:24:54 | noreply@blogger.com (KINHA)
Estou aqui para fazer-lhe uma proposta, que eu considero interessante.Também sou TOP 100 e estou concorrendo na categoria "VARIEDADES" e estou na campanha "UM VOTO POR UM VOTO".O legal disso tudo é essa interação,eu conheço seu blog e vc, o meu.Já votei no seu e sei que também que receberei seu voto.
Estou te seguindo e se quiseres me seguir, ficarei honrada.Dia 19/07 o blog AMIGA DA MODA estará estará comemorando sua 100º postagem.Venha apanhar um brinde, com assinatura de um design.Sua presença é muito importante para nós.
Obrigada

Oi, Fatima! Obrigada pela visita! Estarei visitand...
sábado, 20 de junho de 2009, 22:27:14 | noreply@blogger.com (Ivanise Meyer)
Oi, Fatima!
Obrigada pela visita! Estarei visitando seu blog!
Um beijinho,
Ivanise :)

http://haigatos.zip.net/
quinta-feira, 18 de junho de 2009, 17:49:39 | noreply@blogger.com (Projeto leitura e pesquisa)
http://haigatos.zip.net/

Cláudia Passei por aqui Vc conhece Tchello d’Bar...
quinta-feira, 18 de junho de 2009, 17:48:23 | noreply@blogger.com (Projeto leitura e pesquisa)
Cláudia

Passei por aqui

Vc conhece Tchello d’Barros?

Escritor, artista visual e viajante. Tem 5 livros de poemas, e conhece por uns 20 países.

amei este blog Suyanne Maxuel
quinta-feira, 18 de junho de 2009, 17:46:20 | noreply@blogger.com (Projeto leitura e pesquisa)
amei este blog


Suyanne Maxuel

Olá Meu nome é Joana! Adoro ler! Deixarei um reca...
terça-feira, 2 de junho de 2009, 12:31:14 | noreply@blogger.com (leituraepesquisa)
Olá
Meu nome é Joana!
Adoro ler!

Deixarei um recado aqui!

Dê livro de presente, é uma atitude inteligente!
Bjs!
.................................
Leitura, informação e cultura: Tripé do conhecimento
........................

18 de novembro de 2009

HOMENAGEM SEB 10 ANOS



MINHAS ATIVIDADES LITERÁRIAS

Eu, Maria de Fátima Martins Baumgärtner, nasci em Residência Fuck, município de Monte Castelo, no dia 27 de fevereiro. Meu pai Jovino Martins, 82 anos, hoje aposentado, foi Funcionário Público do DNER. Com ideais políticos foi candidato a vereador por três vezes. Minha mãe, Aládia Vieira Martins (in memorian) do lar, porém, incansável benemérita, atuava nas questões paroquiais em comunidades de base. Estudei no referido município até cursar o Ensino Fundamental. Desde os 5 anos, já gostava de brincar com rimas. Foi nesta fase que aprendi a ler com meu avô que havia sido professor. Ele tinha um baú com muitos livros e cadernos para mostrar aos netos. Já na escola, as declamações eram frequentes. Quando adolescente, assistia todo dia o jornal do Almoço para ver e ouvir Lindolf Bell declamando seus poemas. Prometi que um dia iria conhecê-lo e iria escrever um livro também. Isto tornou-se uma meta em minha vida. Em seguida residi em Rio do Sul, onde estudei alguns meses durante o Ensino Médio, no Colégio Particular Salesiano Dom Bosco. Logo após cursei o Magistério no colégio particular Alinor Vieira Côrte em Papanduva.

3) Descreva a sua atividade literária antes da SEB (livros, exposições, artigos de jornal e revista, declamações e outros).

ATIVIDADES LITERÁRIAS

Em 1983, pude contribuir pela primeira vez, com o Jornal de Santa Catarina através de atividades de alunos do Ensino Fundamental, alguns com apenas 7 anos de idade. Desde então jamais deixei de levar para a sala de aula diversas fontes de texto. Sempre gostei de trabalhar assim. No início era difícil, pois não havia acesso ao jornal nas escolas. Sempre escrevia poesias, mas as mesmas ficavam sempre na gaveta. Em 1985, decidi morar em Blumenau e nunca desisti de escrever. Certo dia comecei reviver lembranças poéticas da minha infância e adolescência, percebendo que isto era muito importante. Foi assim que no dia 19 de novembro de 1994, aconteceu algo maravilhoso. Durante a madrugada, às quatro horas, acordei declamando uma poesia, e ela estava pronta. Passei o dia inteiro escrevendo as 70 páginas daquele que depois tornar-se-ia meu primeiro livro. Decidi também que iria iniciar minha graduação em Pedagogia, na FURB e isso aconteceu em 1996. Foi nesta fase que procurei José Endoença Martins e Marcelo Steil para que me orientassem antes de editar um livro. Logo em seguida ele foi publicado. É com muita emoção que relato este fato, pois só pude conhecer Lindolf Bell pouco tempo antes do seu falecimento. Neste dia meu primeiro livro já havia sido editado. Pude olhar em seu olhos e entregá-lo.Disse a ele que era meu pai literário e que estava muito feliz em conhecê-lo. Vi uma lágrima rolar em sua face e um sorriso doce abrir-se para mim. Foi muito importante. Ainda no espaço acadêmico, colaborei criando o jornal COMÊNIUS que tratava de assuntos pedagógicos, porém sempre dando espaço aos escritores para divulgarem seus textos. Trabalho na área de pesquisa desenvolvido em sala de aula e depois na internet com meus alunos, transformaram-se num projeto que circulou por 17 países graças ao apoio do escritor português Carlos Leite Ribeiro, entre outras centenas de pessoas ligadas a rede e foi publicado em revista pela Secretaria Municipal de Educação. Continuei participando através de envio de artigos e poemas para jornais, revistas e sites. Em sala de aula comecei trabalhar com produção de textos e fantoches, utilizando câmeras de vídeo para registrar peças de teatro em sala de aula. Em seguida resolvi elaborar com eles, composições, histórias em quadrinhos, organizar oratórias, saraus, vendo então que isto era muito bom. Desenvolvi vários projetos tais como Contação de Histórias, Literatura Infanto-juvenil e Histórias de Vida, momento este onde realizamos uma exposição de objetos antigos trazidos pelos familiares do alunos. Conheci na ocasião vários autores e contadores os quais me instigaram muito. Atuando como educadora, sempre estava envolvida em projetos pedagógicos, visando o interesse e o gosto pela leitura e escrita. Participei de colóquios literários com diversos autores, entre eles Mauro Galvão e Maicon Tenfen, debatendo assuntos ligados a literatura. Já na TV Galega, tratamos de assuntos ligados a cultura, com personalidades como José Endoença Martins, Tânia Maria da Silva e Ivo Hadlich, entre outros. Nos programas Educação em Debate, Cultura em Debate, Programa da Valmira, Conexão Direta e TV comunitária da Secretaria Municipal de Educação apresentei diversos projetos desenvolvidos. Atuei por um curto período na produção do programa Conexão Direta com Suzi Finkelstein, gravando matéria sobre atividades de meus alunos na Francisco Lanser, hoje disponível no You Tube. Na educação continuada, sempre optei por cursos na mesma área.

7) Fale a respeito do processo da criação da Sociedade Escritores de Blumenau (sobre as reuniões, a escolha do nome, quais as ações planejadas).

A CRIAÇÃO DA SEB
Eu, Pedagoga, sentia necessidade de inovar, uma vez que a universidade amplia a capacidade de pesquisa, onde novos conceitos passam a fazer parte do cotidiano, norteando nossas ações. Lembro que eu e minha irmã Terezinha Manczak sempre conversávamos sobre literatura e editamos nossos primeiros livros, por iniciativa própria. Não havia divulgação das obras, nem um local onde pudéssemos trocar idéias a respeito. O mesmo vinha acontecendo com os demais escritores. De repente fomos sentindo a necessidade de formar um grupo onde todos pudessem lutar pelos mesmos ideais. Uma iniciativa mudaria os rumos da literatura em Blumenau. Marcou-se uma reunião num das salas do shopping Newmarkt, onde aos poucos foram chegando alguns escritores. A reunião foi um sucesso. Todos concordaram e nos tornamos sócios fundadores da SEB, no dia da sua fundação, em 13 de Outubro de 1999. Fiz parte da Diretoria na gestão de 2001, 2002 e 2005. As reuniões aconteciam mensalmente. A escolha do nome deu-se em virtude da valorização às produções locais, pois havia muita produção, mas pouca credibilidade e conhecimento dos autores por parte da comunidade. Lembro que conversava muito com um certo escritor sobre a idéia de ir até a Assembléia Legislativa apresentar um projeto que unificasse a literatura em Blumenau. Vale lembrar que isto tudo foi antes da fundação da SEB. Tive esta idéia, a partir do convite que recebi na Assembléia Legislativa do Sr. Paschoal Apóstolo Pítsica, presidente da Academia Catarinense de Letras, na ocasião do lançamento do meu livro em 1998. Conversando com pessoas influentes e responsáveis pela ações culturais em Florianópolis, recebi apoio para colaborar com a criação de um movimento literário aqui em Blumenau. Mas certo dia, ao abrir o jornal, percebi que esta determinada pessoa com quem conversei sobre o assunto, antecipou-se e fui impossibilitada de compartilhar tão importante acontecimento. Com certeza, eu escolheria alguém para ir em meu lugar, pois a idéia era agregar escritores. Neste momento fiquei decepcionada, mas não desanimei. E penso agora que nada acontece por acaso. O importante é fazer acontecer. Em 2000, participei da Semana do escritor, Blumenauense. No dia 11 de julho, na Livraria Siciliano, no segundo piso do Shopping Neumarkt, em Blumenau, autografando livros juntamente com os autores Cristina Baumgarten, Edltraud Zimmermann Fonseca, Carlos de Freitas, Jairo Martins, Terezinha Manczak, Edith Kormann e Ralf Kraft. A Sociedade dos Escritores de Blumenau contava com 50 membros, dos quais 30 com obras publicadas. E isto está acontecendo. Através da monografia apresentada como conclusão do curso de pós-graduação a qual realizei pelo IBPEX , (Instituto Brasileiro de Pesquisa e Extensão) de Curitiba (Pr) tratando de literatura, pude dar continuidade aos projetos. Em 2008 na escola onde trabalhava, trouxe o Sr. Carlos Leite Ribeiro (Portugal) para concluir a última etapa. Os alunos da E.B.M Gustavo Richard têm agora um site em seu Portal com as atividades realizadas na biblioteca, organizadas por mim, em parceria com a professora regente.

REALIZAÇÕES DA SEB
Nós, Sebianos conseguimos realizar muitas ações, tais como eventos, viagens, patrocínio para edição de livros, feiras, etc. As diretorias foram dedicadas, e se algum erro de percurso aconteceu, nos motivou a aprender com ele, sem ter que repeti-lo. As conseqüências da SEB para os escritores e poetas foi uma maior visibilidade em nível mundial, podemos assim dizer, mas é aqui em Blumenau que ela precisa crescer em valores e atitudes e reconhecimento. A receptividade da imprensa e da população foi muito importante e coerente. Eu aprendi muito com todos e com tudo o que me foi proporcionado. Gostaria de ter participado mais, porém devido ao trabalho de 60 horas semanais, graduação, pós-graduação e de cuidar da educação de três filhos, fiquei impossibilitada de realizar outros objetivos. Mas creio que houve crescimento pessoal e quanto à fruição literária, progredi muito. Nestes dez anos tive diversas participações em antologias, bem como em e-books. Desenvolvo projetos pedagógicos, participo ativamente de colunas de literatura em jornais e revistas, bem como através de portais de educação na internet com poemas e artigos. Atuo em biblioteca há três anos, conhecendo a vasta malha literária disponível em rede ou impressa, responsável pela divulgação das atividades dos profissionais que atuam em biblioteca na Rede municipal de Blumenau através de um blog. Através de jornal virtual e impresso publicamos atividades dos alunos. Colaboro na elaboração do Jornal impresso da escola e contribuo na elaboração do Plano Político Pedagógico das escolas onde trabalho. Acredito que muito há por fazer no que diz respeito ao destino da Literatura em Blumenau, mas tudo o que a SEB fez até agora merece credibilidade e é prova de somos capazes de transformar idéias em ações. Temos que valorizar as produções locais.


LEMBRANÇAS DA SEB

Tenho muitas lembranças da SEB, entre elas a Bienal do livro de São Paulo em 2002, uma viagem inesquecível. As tertúlias literárias e gastronômicas, que inclusive uma delas tive a honra de realizar em minha casa, “Tertúlia da Mulher” com muita gente bonita e talentosa declamando poemas e cantando ao som de um bom violão. Teve uma delas que aconteceu durante a viagem a Porto Alegre em 2004, quando fomos à Bienal do Livro. As cerimônias de posse das diretorias, sendo que em duas delas fui 2 ª secretária, sucessivamente. As participações em antologias com os devidos lançamentos e noites de autógrafos. Em 2004, fiquei feliz quando participamos de um encontro poético no Manezinho Shif, onde havia um grupo de escritores. A matéria foi capa do Jornal de Santa Catarina, Todos nós fomos agraciados pelo sol e declamamos muitos poemas. À noite, voltamos lá, onde aconteceu uma das Tertúlias com declamações e muita música. - "Tertúlia ODE AO RIO Itajaí – Açu" . Neste dia era meu aniversário, com direito ao bolo.
Tertúlia
ODE AO RIO
Itajaí - Açu

Poesia ancorada
27/02/04
A SEB deu a largada para os encontros lítero - poéticos de 2004, nos convidando para um sarau às margens do Rio Itajaí - Açu. A poesia teve seu espaço a bordo do Catamarã. (ancorado nos fundos do Biergarten), Rua 15 de Novembro, 160.

Os onvidados especiais foram:
A poesia
O céu, a lua, o rio
o riso e a alegria
.....................................................................................

O RETORNO À SEB

Participação no Encontro do portal CEN - 2008

Ilustração 1 Encontro portal CEN (FALTA A FOTO)

Fiquei ausente da SEB por três anos, pois o foco das minhas atividades era outro. Agora em 2009, volto com o desejo de que esta sociedade progrida ainda mais, sendo valorizada e recebendo a atenção que merece.
Semana dos Namorados 2009
Maria de Fátima M. Baumgärtner

V Semana dos Namorados(FALTA A FOTO)

E.B.M Pastor Faulhaber representada pelas profªs Maria de Fátima (Biblioteca) e Kelly Maria (Língua Portuguesa) que foram com a 7ª série, até a Biblioteca Municipal Dr. Fritz Muller, prestigiar a V Semana dos Namorados, hoje dia 08 de Junho. Foi uma manhã especial.
No dia 09, a 8ª série irá com a profª Fátima e a coordenadora Ingelore.
...............................
Entrevista feita comigo pelo jornal de Santa Catarina em 2008- E.B.M Gustavo Richard

Repórter JSC: Como se desenvolve seu trabalho na biblioteca?
Profª Fátima: O foco é a Leitura e a Pesquisa, mas todos os dias são desenvolvidas atividades diversificadas, de acordo com o planejamento anual e coletivo.
Repórter JSC: Há quanto tempo você vem desenvolvendo este trabalho?
Profª Fátima: Desde maio de 2007.

Repórter JSC: Como acontece a sua atuação ?
Profª Fátima: O foco da minha atuação é a leitura e a pesquisa, mas apoio na elaboração dos trabalhos a serem apresentados, tais como saraus, (escolha das obras) oficina de poesias, (dinâmicas) teatro, (elaboração/escolha das peças) artigos (educacionais/outros) e demais matérias para jornais, (registro de eventos) bem como na mediação dos projetos desenvolvidos por turmas e a construção e manutenção de uma página na internet (hoje desativada, pois o geocities não hospeda conteúdos grátis atualmente, por este motivo criei o blog onde podemos encontrar arquivos daquele site) http://br.geocities.com/bibliotecavip.kleinubing/bibliotecavip.htmlcom redirecionamento para sites educativos e cada turma tem a sua com os registros das atividades. A mesma é atualizada sempre que possível e necessário. Nela constam links das páginas dos registros das atividades das turmas. Nesta página está registrado o projeto “Universo do Saber” e através do e-mail bibliotecavip.kinubing@yahoo.com.br, os alunos podem enviar sugestões, agendar pesquisas ou reservar livros. Realiza-se empréstimo de livros semanalmente, mas os alunos trocam livros em horários determinados quando isto acontece no período em que estudam, ou no oposto ao que frequentam, de acordo com os horários livres.
Repórter JSC: Quais são as preferências dos alunos?
Profª Fátima: Desde quando iniciei meu trabalho nesta biblioteca, pude conhecer melhor os alunos desta escola. São 475 alunos. A presença deles aqui é frequente. A procura por poesias é intensa e a escolha de outros gêneros é livre. É maravilhoso saber que crianças e adolescentes manifestam gosto diferenciado por gêneros literários e dedicam seu tempo às atividades até no período oposto ao que frequentam.

Repórter JSC: A que se deve esta procura por poesias?
Profª Fátima: Ninguém ama o que não conhece, nem dá o que não tem. O que acontece é que a poesia, muitas vezes foi vista como algo “menor”, trabalhada como “conteúdo” e não da forma como deveria ser apresentada. Poesia é algo que brota da sensibilidade. Há que haver desejo de senti-la, para depois deixá-la acontecer. Poesia é algo intrínseco, habita em cada um de nós, mas há que haver quem as ouça. Só existe poesia, se houver liberdade de expressá-la e desejo de senti-la. Tudo será efêmero ou sem sentido para o aluno, se não houver quem mostre o real significado da existência de tudo aquilo que o educando ainda desconhece. Quando o aluno encontra no professor, um autêntico leitor, sente vontade de ler, não importa o quê. É como conhece a dança e sentir vontade de dançar Todos eles participam de saraus, disponibilizam seus poemas para o jornal de Santa Catarina (coluna do Almanaque do Vale) sob os cuidados meus, que reviso, incentivo e envio via e-mail na biblioteca.

Repórter JSC: E como isto acontece?
Profª Fátima: Eles observam como se processa o envio, corrigem, levam uma cópia para seus pais e guardam como lembrança o trabalho divulgado no jornal de Santa Catarina. A maioria deles lê muito, conversa e troca idéias durante o recreio. É uma experiência fascinante colaborar com estes pequenos grandes talentos. São pedras preciosas lapidadas por todos nós.

Repórter JSC: Como aconteceu a participação destes alunos no ou seja, eles tiveram iniciativa própria ou as atividades foram realizadas em sala?

Repórter JSC: De que forma os alunos desenvolvem atividades e como acontece a sua colaboração no desenvolvimento das mesmas?
Profª Fátima: A equipe gestora da escola organizou uma gincana interna que engloba todo os conteúdos a serem desenvolvidos durante o ano letivo. (com pontuação através do cumprimento das tarefas) através da qual, foi possível estipular normas de disciplina para mudança de hábitos, tais como os que colaboram para o sucesso do projeto UNIMED VIDA que tem como foco os temas: - DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL, ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL E QUALIDADE DE VIDA E LAZER. A 4ª série foi contemplada com uma página no Portal CEN em Portugal, através de uma atividade mediada. na biblioteca e em sala de aula. Fez parte do planejamento na biblioteca a vinda do Sr. Carlos Leite Ribeiro na escola, quando recebemos o livro “História da Origem do Homem” como doação. Ele foi homenageado pelos alunos com uma peça de teatro e presentes. Todo o lixo coletado durante o ano foi reciclado, sendo que os valores arrecadados foram investidos na compra de materiais para a fanfarra da escola e manutenção do acervo da biblioteca, além dos cuidados com a área da escola, preservando o patrimônio. Em seguida foi realizada a exposição de trabalhos com sucata. Campanhas co criação de cartazez informativos, passeios nos arredores da escola, atividades em sala, palestras para conscientização e um Festival de Talentos, fizeram parte do projeto. No momento da inscrição para o festival, cada aluno doou 1 quilo de alimento para as famílias carentes da comunidade. Na área de literatura, foi realizado um concurso de poesias e paródias, com premiação por categorias, (dos 6 aos 14 anos) e foi elaborada uma apostila com as atividades. Três alunos (Ana Paula dos Santos, 11 anos, Letícia de Quadro Lucas, 12, ambas da 5ª série, e Pedro Augusto da Silva, 8, da 3ª série) participaram do Jornalista por um dia com seus trabalhos. Na área de Artes, no final do ano aconteceu um desfile performático, no qual os estudantes produziram camisetas com pinturas inspiradas nos artistas Andy Warhol e Roy Lichtenstein. Na biblioteca, foi realizada a pesquisa sobre a vida dos artistas e suas obras. Foi também encaminhado aos órgãos competentes, o relato das atividades, que constam em diversas fontes como jornais, na mídia local e na internet.

Repórter JSC: Você gosta muito de escrever poesia?
Profª Fátima: Sim, mas também escrevo histórias infantis e crônicas, bem como artigos educacionais.

O resultado desta entrevista culminou na matéria abaixo:
JORNALISTA POR UM DIA
Pequenos talentos são garimpados nas escolas
Edição nº 11438 - Fonte: Jornal de Santa Catarina - Quinta-feira, 09 de outubro de 2008.

..............................
DESTAQUES DE HOJE - Parabéns, queridas alunas! Danieli Tobias e Luana
Nossa aluna Daniele quando estudava em Bombinhas,( publicou poema no jornal da escola - JORNAL EDITH NEWS - e logo estará no Jornal de Santa Catarina.Ela escreve muito bem.
http://maplink.uol.com.br/v2/local/escolas/88PHZPA7/escola_municipal_urbana_edith_willecke.html
Nossa aluna Luana é uma das vencedoras do concurso de FRASES ILUSTRADAS com o tema LIVROS - referente ao evento da Semana da Biblioteca e Dia do Livro. Para a realização das atividades contei com apoio dos professores da escola. O seu frase - poema está no Jornal da Escola, no blog da biblioteca e no Jornal de Santa Catarina do dia de hoje.
LIVROS

Através
dos livros
viajo
pelo
mundo
da
imaginação"

(Luana Ramalho)
9 anos
......................
s1600/LIVROA~1.GIF">
Palavras aladas


As palavras são como pássaros

Enquanto pensamos

Elas alçam voos infinitos

Por lugares tão bonitos

Enquanto falamos

Elas pedem passagem

Para voar por terras distantes

Onde possam pousar

Enquanto escrevemos

Elas fixam morada

E ainda aladas

Permanecem caladas

Sem poder voar

Mas enquanto as lemos

Já não sabemos

Para onde vão

Pois se estavam presas

Qual passarinhos

Num alçapão




Já não as prendemos

Com elas então aprendemos

A imaginar

Pois o livro

Como duas asas abertas

Também parece voar

Palavras aladas

Saem em disparada

Todas do lugar

E vão embora

Pelo mundo afora

Como pássaros

Livres pelo ar

(Mª de Fátima M.Baumgärtner)

12 de novembro de 2009

PARABÉNS DIRETORES DE ESCOLA!

Quer adquirir meus novos livros?
Clique aqui http://www.sinopsedolivro.com/2009/11/cais-verso-e-prosa.html

Hoje é dia do Diretor (a) de escola, hoje é o seu dia e é através dessa mensagem, quero lhe agradecer.

Para nossa Querida Diretora Marita Lopes, em especial para Letícia Duarte e todos (os) (as)demais!

Quero que saiba que sua ajuda me foi de grande valia.
E quero que saiba que pessoas tão especiais como você estão sempre prontas para fortalecer o aprendizado, a cultura.

Eu procuro olhar dentro dos corações das pessoas, porque sabemos que é de lá que extraímos o que temos de melhor.

Obrigado por sua atenção e pelo carinho dedicado.
Tudo o que fazemos pensando em ajudar ao próximo, pela própria lei da natureza, nos é devolvido em dobro.

Só entendemos direito o milagre da vida quando deixamos que o inesperado aconteça.

Que o Universo te cubra de bênçãos e seja sempre muito feliz.

Muito obrigado!
Parabéns pelo seu dia!!

Autor: (Desconhecido)


SEMANA DA BIBLIOTECA E DIA NACIONAL DO LIVRO



Na semana da biblioteca realizamos diversas atividades. Entre elas, a confecção de 7 livros ilustrados artesanalmente. Os mesmos apresentam poemas, letras de um hino, frases e desenhos com muita dedicação dos alunos. A capa de cada um deles, foi obra do (a) professor (a) de cada turma. Os poemas, frases, letras do hino da semana da biblioteca e os desenhos, são concorrentes aos prêmios (diversos) de 1º, 2, e 3º lugares em cada categoria.
Categoria I :Pré-escolar e 1º ano - desenhos.
Categoria II :2º ano e 3º ano - frases ilustradas.
Categoria III :4º ano e 4ª série - poemas ilustrados.
Categoria IV :5ª à 8ª série - letra do hino da biblioteca ilustrado.
No evento que dará a premiação, será lançado o livro em Prosa e Verso CAIS da Profª Fátima e Percursos do qual ela também é participante.


Dia Nacional do Livro
CONCURSO ESTUDANTIL NA PASTOR FAULHABER

Serão aqui colocadas as informações sobre as diversas atividades da nossa escola. Vou também apresentar os poemas, os desenhos e imagens feitos pelos alunos e que servirão para despertar o interesse pelos livros. Os alunos podem entregar os trabalhos até nexta 4ª feira, dia 25/11/09.Os textos aparecerão neste blog! Se também te interessas pelo mundo fascinante da leitura e da escrita, acompanhe... nos...Siga nosso blg.

Regulamento

1. Podem concorrer os alunos do Pré - escolar à 8ª série.

2. Dados que identificam o aluno(nome,idade e escola), as frases deverão ser ilustradas.

3. Os representantes da escola escolherão as frases mais originais e que melhor correspondam ao objetivo proposto.
4. Todos os alunos selecionados receberão livros como prêmio.

CAIXA MÁGICA DE SURPRESA

Um livro
é uma beleza,
é caixa mágica
só de surpresa.


Um livro
parece mudo,
mas nele a gente
descobre tudo.


Um livro
tem asas
longas e leves
que, de repente,
levam a gente
longe, longe.


Um livro
é parque de diversões
cheio de sonhos coloridos,
cheio de doces sortidos,
cheio de luzes e balões.


Um livro
é uma floresta
com folhas e flores
e bicos e cores.

É mesmo uma festa,
um baú de feiticeiro,
um navio pirata do mar,
um foguete perdido no ar,
é amigo e companheiro.

Elias José
Abaixo seguem as participações:
Concurso "Hino da Semana da Biblioteca".
(ainga não divulgando o resultado)

Já estão sendo selecionados os trabalhos vencedores da edição do concurso "Melhor hino da Semana da Biblioteca", promovido pela Biblioteca da escola.
..............
Categoria - Frase ilustradas:
Livros - da autoria de Luana Ramalho, do 4ºano - Vespertino.
"Através dos livros, viajo plo mundo da imaginação" Uma das vencedoras

Parabéns aos participantes(muitos e bons)!

209 alunos participaram no concurso promovido para comemorar a Semana da Biblioteca.

Todos os participantes estão de parabéns, mas não podíamos deixar de mostrar os trabalhos mais elaborados!

Alguns AUTORES preferidos de nossos alunos:

Carlos Drummond de Andrade
Cecília Meireles
Elias José
Ferreira Gullar
Henriqueta Lisboa
Hugo Ribeiro de Almeida
José Paulo Paes
Mário Quintana
Olavo Bilac
Pedro Bandeira
Roseana Murray
Ruth Rocha
Sidónio Muralha
Sylvia Orthof
Vinicius de Moraes
.......................
RECADO AOS ALUNOS LEITORES!

AINDA PODEM EMPRESTAR OS LIVROS QUE MAIS GOSTAM!
SE OS LIVROS ESTIVEREM EMPRESTADOS PODEM PEDIR A SUA RESERVA.

PARA QUE TODOS TENHAM OPORTUNIDADE DE LER OS SEUS LIVROS PREFERIDOS, ESTES DEVEM VOLTAR À BIBLIOTECA O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL. PEÇO QUE CUMPRAM OS PRAZOS DE DEVOLUÇÃO ESTIPULADOS DE ACORDO COM AS NORMAS!
ATÉ O DIA 20 DE NOVEMBRO, TODOS OS LIVROS EMPRESTADOS DEVEM SER DEVOLVIDOS.
SEMANA DE 16 À 20 DE NOVEMBRO SERÁ A SEMANA DO PERDÃO.nÃO HAVERÁ MULTA. APÓS ESTE DIA, SERÁ COBRADA A TAXA DE R$ 0,25 AO DIA.OK?

BOA LEITURA!

Receita de inventar presentes

Colher braçadas de flores
bambus folhas e ventos
e as sete cores do arco-íris
quando pousam no horizonte
Juntar tudo por um instante
num caldeirão de magia
e então inventar um pássaro louco
um novo passo de dança
uma caixa de poesia.

Roseana Murray
..............
Sugestão: Deixe opiniões sobre os livros que lerem. Podem fazê-lo na biblioteca ou enviando um mail para biblioteca.princesaisabel@yahoo.com.br

Teremos todo o prazer em publicá-las!
O dia 29 de outubro foi escolhido como Dia Nacional do Livro em homenagem à fundação da Biblioteca Nacional, que ocorreu em 1810. Só a partir de 1808, quando D. João VI fundou a Imprensa Régia, o movimento editorial começou no Brasil. O primeiro livro publicado aqui foi "Marília de Dirceu", de Tomás Antônio Gonzaga, mas nessa época, a imprensa sofria a censura do Imperador. Só na década de 1930 houve um crescimento editorial, após a fundação da Companhia Editora Nacional pelo escritor Monteiro Lobato, em outubro de 1925.

Origem do Livro

Os textos impressos mais antigos foram orações budistas feitas no Japão por volta do ano 770. Mas desde o século II, a China já sabia fabricar papel, tinta e imprimir usando mármore entalhado. Foi então, na China, que apareceu o primeiro livro, no ano de 868.

Na Idade Média, livros feitos à mão eram produzidos por monges que usavam tinta e bico de pena para copiar os textos religiosos em latim. Um pequeno livro levava meses para ficar pronto, e os monges trabalhavam em um local chamado "Scriptorium".

Quem foi Gutenberg?

O ourives culto e curioso Johannes Gutenberg (1398-1468) nasceu em Mainz, na Alemanha e, é considerado o criador da imprensa em série.
Ele criou a prensa tipográfica, onde colocava letras que eram cunhadas em madeira e presas em fôrmas para compor uma página. Essa tecnologia sobreviveu até o século XIX com poucas mudanças.

Por volta de 1456, foi publicado o primeiro livro impresso em série: a Bíblia de 42 linhas. Conhecida como "Bíblia de Gutenberg", a obra tinha 642 páginas e 200 exemplares, dos quais existem apenas 48 espalhados pelo mundo hoje em dia. A invenção de Gutenberg marcou a passagem do Mundo Medieval para a Idade Moderna: era de divulgação do conhecimento.

A Importância do Livro

O livro é um meio de comunicação importante no processo de transformação do indivíduo. Ao ler um livro, evoluímos e desenvolvemos a nossa capacidade crítica e criativa. É importante para as crianças ter o hábito da leitura porque com ela, se aprimora a linguagem e a comunicação com o mundo. O livro atrai a criança pela curiosidade, pelo formato, pelo manuseio e pela emoção das histórias. Comparado a outros meios de comunicação, com o livro é possível escolher entre uma história do passado, do presente ou da fantasia. Além disso, podemos ler o que quisermos, quando, onde e no ritmo que escolhermos.

Livros

por Adelaide Love
Os livros, penso que são
Como portas encantadas,
Que levam a lindas terras,
Onde moram anões e fadas.

Lugares longe e tão belos
Aonde eu não podia ir,
Mas, agora, com esta porta,
É só ter cuidado e... abrir.

Datas Comemorativas do Livro

JANEIRO
05 - Criação da Primeira Tipografia no Brasil
07 - Dia do Leitor

FEVEREIRO
07 - Dia do Gráfico
27 - Dia Nacional do Livro Didático

MARÇO
12 - Dia do Bibliotecário
14 - Dia do Vendedor de Livros
14 - Dia Nacional da Poesia
19 - Dia do Livro
28 - Dia do Diagramador e do Revisor

ABRIL
02 - Dia Internacional do Livro Infanto-juvenil - (Hans Cristian, Dinamarca, 1805 - pioneiro literatura infanto-juvenil)
04 - Dia do Livreiro Católico
18 - Dia Nacional do Livro Infantil - (Nascimento Monteiro Lobato, 1882)
23 - Dia Mundial do Livro e do Direito Autoral

MAIO
01 - Dia da Literatura Brasileira
13 - Dia da Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro
21 - Dia da Língua Nacional

JUNHO
10 - Dia da Língua Portuguesa

JULHO
25 - Dia do Escritor

SETEMBRO
02 - Dia Internacional do Livro Infantil
08 - Dia Internacional da Alfabetização
30 - Dia Mundial do Tradutor

OUTUBRO
04 - Dia do Poeta
29 - Dia Nacional do Livro

NOVEMBRO
05 - Dia Nacional da Cultura 15 - Dia Nacional da Alfabetização
23 - Dia Internacional do Livro



“O livro é lido para eternizar a memória.”
(Jorge Luis Borges)
................................
PARA SABER MAIS!
Lauda

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Lauda é cada um dos lados de uma folha.

Para trabalhos acadêmicos, as medidas padrões para a formatação de uma lauda em geral são:

Margem superior: 3,0 cm
Margem inferior: 2,0 cm
Margem direita: 2,0 cm
Margem esquerda: 3,0 cm
Citações: 1 cm (justificando à direita com fonte 10)
Entre linhas (espaço): 1,5 cm
Fonte: 12
Tipo: Times New Roman ou Arial
Formato de papel: A4
No caso de trabalhos de conclusão de cursos, as medidas padrão para a formatação de uma lauda são:

Margem superior: 2,5 cm
Margem inferior: 2,5 cm
Margem direita: 2,5 cm
Margem esquerda: 3,0 cm
Citações: 1 cm (justificando à direita em itálico com Fonte 10)
Entre linhas (espaço): 1,5 cm
Fonte: 12
Tipo: Times New Roman (Fonte serifada)
Formato de papel: A4
Já na televisão, as medidas padrões para a formatação de uma lauda são:

Margem superior: 2,5 cm
Margem inferior: 2,5 cm
Margem direita: 3,0 cm
Margem esquerda: 3,0 cm
Fonte: 12
Tipo: Times New Roman (fonte serifada)
Formato de papel: Carta
Para tradução, a configuração da lauda deve ser depende do tipo de tradução. Na tradução literária há 30 linhas com até 70 toques (ou caracteres), resultando em 2.100 toques. Na tradução juramentada, há 30 linhas com até 75 toques, resultando em 2.250 toques.

Referências
Maria Francisca Canovas de Moura (2005). Anexos. Página visitada em 13 de dezembro de 2008.
.................................................

Biblioteca: Download

Títulos disponíveis para download

As obras listadas abaixo podem ser obtidas mediante download do arquivo.

Alguns documentos aqui disponibilizados estão no formato Adobe (extensão PDF). Se você ainda não tiver o Adobe Acrobat Reader instalado em seu computador, clique aqui.

Letramentos no Ensino Médio
O livro “Letramentos no Ensino Médio” pretende abrir um diálogo com professores sobre as práticas de escrita e leitura dos jovens, dentro e fora da escola. Escrito por Ana Paula Corti, Ana Lúcia Souza e Márcia Mendonça, educadoras que trabalham com jovens em projetos da Ação Educativa, o livro compartilha experiências e sugestões, trazendo falas e relatos de estudantes e professores da rede púbica. O objetivo principal é auxiliar professores e educadores das várias disciplinas do Ensino Médio a apoiar o processo de letramento dos adolescentes. Solicitar na Ação Educativa: (11) 3151-2333
Cartilha - Direito Humano à Educação

Plataforma Dhesca Brasil e Ação Educativa, após anos de parceria, sentiram a necessidade de ter um documento comum, de ampla divulgação e fácil acesso, que sistematize seus conhecimentos e aponte caminhos para que os direitos humanos sejam realmente agregados às dimensões físicas e concretas da vida de todos.
Coordenação Editorial: Denise Carreira, Lígia Cardieri e Salomão Ximenes
Autores: Ester Rizzi, Marina Gonzalez e Salomão Ximenes
Revisão: Denise Carreira, Laura Bregenski Schühli, Ligia Cardieri e Suelaine Carneiro.

Clique para baixar.


Em Questão 6: Ensino Médio no Brasil

Autora: Nora Rut Krawczyk - Professora da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas

Coordenação editorial: Mariângela Graciano

Menos que pela permanente tensão sobre o sentido do ensino médio – preparação para o ingresso no ensino superior, para o mercado de trabalho ou para o exercício da cidadania –, o debate atual é impulsionado pela queda nas matrículas; ausência de professores especialistas, sobretudo química, física e biologia; desempenho insatisfatório dos estudantes nos exames, notadamente o Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB) e o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM); além da recente discussão sobre sua obrigatoriedade. Espera-se que esta contribuição possa alimentar e provocar as reflexões dos educadores do ensino médio e de outros que, mesmo não estando envolvidos diretamente com essa etapa do ensino, ainda assim estão preocupados com o presente e o futuro de nossos jovens.

Clique para baixar.


Que ensino médio queremos?

Relatório final do projeto Jovens Agentes pelo Direito à Educação - Jade
O projeto teve como objetivo a elaboração de diretrizes para políticas públicas de educação em escolas de ensino médio a partir de processos de diálogo entre estudantes e seus familiares, professores de escolas públicas, diretores, funcionários, integrantes da comunidade, agentes governamentais e da sociedade civil.

Clique para baixar.


Jovens e trabalho no Brasil: desigualdades e desafios para as políticas públicas
Quais as diferentes formas dos jovens combinarem estudo e trabalho? Esse foi o mote do livro “Jovens e Trabalho no Brasil - desigualdade e desafios para as políticas públicas”, de Maria Carla Corrochano, Maria Inês Caetano Ferreira, Maria Virgínia Freitas e Raquel Sousa. A publicação é baseada na análise de dados da PNAD (Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílio) de 2006, numa parceria entre a Ação Educativa e o Instituto ibi, com o apoio técnico do DIEESE.
Em Questão 4: O Plano de Desenvolvimento da Educação

Clique para baixar.


Em março de 2007 o MEC divulgou as linhas gerais do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE). Em meio às inúmeras informações, opiniões e interpretações colocadas na cena pública, a Ação Educativa considerou a necessidade de elucidar e qualificar o debate, sem torná-lo unilateral, dada a sua dimensão e importância e realizou um seminário em junho, em parceria com o CENPEC, que reuniu mais de 200 pessoas de 35 cidades de 7 estados. Pautada naquele evento, esta publicação traz alguns dos aspectos e polêmicas debatidos na ocasião por pesquisadores, ativistas e gestores públicos, que se dispuseram a discutir e refletir sobre o PDE.

Clique para baixar.

Igualdades e Diversidades: Promoção de Igualdade Racial nas Políticas Públicas – uma experiência em Santo André (SP)
A publicação resulta de formação desenvolvida pelo Programa de Educação de Jovens e Adultos junto a funcionários da Prefeitura de Santo André sobre a Eqüidade Racial nas políticas públicas. A iniciativa é uma linha de continuidade de outros programas e ações desenvolvidos por aquela administração municipal, com vistas à promoção da eqüidade racial e de gênero e a qualificar o atendimento da população pelos serviços de saúde locais.
Juventude e adolescência no Brasil: referências conceituais
Este caderno, produzido a partir de questões levantadas no GT Cidadania dos Adolescentes, é uma contribuição ao desafio de construir um marco conceitual sobre adolescência e juventude que favoreça a construção de políticas que melhor atendam às suas expectativas. Para contribuir com esse desafio, convidamos Helena Abramo e Oscar Dávila León a escreverem sobre o tema, submetemos a primeira versão do texto à apreciação de seis pareceristas e, a partir daí, os autores prepararam os textos aqui apresentados. Ao publicar este caderno, a Ação Educativa espera contribuir para fomentar o debate em torno das concepções de juventude e de adolescência que vêm orientando os diversos atores e sua articulação com as políticas.
Clique para baixar

Em questão 3 - Educação e exclusão no Brasil
Clique para baixar
A educação, tanto no senso comum como entre os especialistas, é considerada um dos fatores mais importantes para a mudança do padrão de desigualdade que marca a sociedade brasileira, bem como para seu desenvolvimento. Se é verdade que a oferta pública da educação do Brasil ao longo do século passado cresceu consideravelmente, é também certo que ainda não conseguiu atingir um patamar de qualidade, reproduzindo dessa forma padrões de desigualdades e iniqüidades. Esta publicação tem como objetivo central mostrar como a exclusão e as desigualdades socioeconômicas causam impacto na oferta educacional. Por outro lado, o trabalho almeja, também, indicar os fatores relacionados à oferta educacional que contribuem para a reprodução destas desigualdades.
A educação básica no Governo Lula - um primeiro balanço
Clique para baixar
A presente publicação propõe uma análise do conjunto das políticas de Educação Básica implementadas durante a primeira gestão do governo Lula, particularmente em três anos e meio. A proposta é realizar uma análise a partir de dois referenciais: 1. O Programa de Governo do PT, apresentado durante a campanha de 2002, buscando avaliar sua coerência programática e sua capacidade de sustentar os compromissos assumidos; 2. O Plano Nacional de Educação, o qual deveria balizar o horizonte das políticas públicas, uma vez que se configura em um Plano de Estado com metas até 2011.
Faça o mesmo com os demais, é só acessar e baixar. Ok?

PASTOR FAULHABER - Professores

Esta é a querida e competente Nara Maders em atuação na área administrativa de nossa escola!


Logo abaixo confira atividades do professor Carlos Odilon da Costa


O professor Odilon atua em 2 escolas da Rede Municipal de Educação de Blumenau.
Em nossa escola ele leciona para as turmas de 5ª à 8ª série. A disciplina é Ensino Religioso.
Linhas de pesquisa em que atua
Filosofia e Educação do Ser
Nome: Carlos Odilon da Costa
Titulação: Mestrado
Currículo Lattes: 16/11/2009 21:11
E-mail: carlosodiloncosta@bol.com.br
Homepage: http://pos.furb.br/mestrado/educacao.html
Possui graduação em Ciências da Religião pela Fundação Universidade Regional de Blumenau (2000) e Licenciatura em Geografia pela UNIASSELVI (2009) e mestrado em Educação pela Fundação Universidade Regional de Blumenau (2005). Atualmente é membro grupo de pesquisa Educogitans da Fundação Universidade Regional de Blumenau. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação, atuando principalmente no seguinte tema: dimensão religiosa, desenvolvimento, currículo..
(Texto informado pelo autor)

DISCIPLINA: ENSINO RELIGIOSO
PROFESSOR: Odilon e Fátima
ATIVIDADE NA BIBLIOTECA

Algumas Literaturas referentes ao assunto
A Volta ao Mundo em Oitenta Dias
Júlio Verne
LITERATURA ESTRANGEIRA/ROMANCE

Da Terra à Lua
Júlio Verne
Livro Usado - Disponibilidade: imediata
LITERATURA ESTRANGEIRA/ROMANCE

Cesar Cascabel (2ª Parte): A Chegada ao Velho Mundo
Julio Verne
......................
Os alunos da 5ª série escreveram histórias.
Tema: Uma aventura espacial.
Dinaiara : A espaçonave.
Natanael e Robert: A espaçonave.
Dhanielle: Aventura na lua.
Antônio, Andrew e Gabriel Felipe: A espaçonave.
..................................................................................
6ª série
Bianca, Juliana, Elaine e Laiza: A espaçonave.
Felipe, Eduardo e Thiago: A espaçonave.
Bruno de Oliveira: A espaçonave.
Cláudia Mileidy: A espaçonave.
Miguel e Yasmin: A espaçonave 3000.
Janaina: A espaçonave.
..........................................
7ª série
Tema da história: a caverna


8ªsérie

Felipe,lucas l,lucas r,Eduardo e Mizael.
Titulo:A caverna especial.
REFERÊNCIASO mito da caverna é considerado uma das metáforas mais
significativas da filosofia em qualquer tempo, narrada no livro VII do República,
e descreve uma situação geral em que supostamente todos os seres humanos se
encontram, uma vez que para o filósofo Platão, todos nós estamos condenados a
apenas ver sombras à nossa frente e a tomá-las como verdadeiras. Assim, como no
mito, podemos dizer que estamos presos a cavernas e apenas observamos as
sombras que nos chegam de fora, projetadas em suas paredes. Não ousamos, deste
modo, sair da caverna para verificar o que realmente representam tais figuras;
apenas tomamos aquilo que vemos como certo e verdadeiro, iludindo-nos ao
acreditar que nada existe além delas.

[...]Uma alegoria nos mostrará agora a situação dos homens em face
da verdadeira luz. Suponhamo-los cativos, acorrentados num local
subterrâneo com o rosto voltado para a parede oposta à entrada e
impossibilitados de ver algo além desta parede. Iluminam-na os
reflexos de um fogo que arde fora, sobre uma elevação, em cuja
metade passa um caminho bordejado por um pequeno muro. Atrás
deste muro desfilam pessoas carregando sobre os ombros objetos
heteróclitos, estatuetas de homens, animais, etc. Destes objetos, os
cativos enxergam apenas a sombra projetada pelo fogo sobre o fundo
da caverna; do mesmo modo, ouvem apenas o eco das palavras que os
portadores trocam entre si. (PLATÃO, 1973, p.35).

[...] a maior carência é o conhecimento de si mesma e do ambiente no
qual vive, que é primordialmente da família, depois o espaço
circundante e, por fim, a História e a vida social. O que a ficção
sugere é uma visão de mundo que ocupa as lacunas resultantes de sua
restrita experiência existencial, através de sua linguagem simbólica.
(ZILBERMAN, p. 23, 1985).
ABRAMOVICH, Fanny. Literatura infantil: gostosuras e bobices. São Paulo:
Scipione, 1994.
FERREIRA. Aurélio Buarque de Holanda. Novo Aurélio do Século XXI: o
dicionário da língua portuguesa. 2ª ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986.
JUNQUEIRA, Sonia Marta. O Peixe Pixote. São Paulo: Ática, 1990.
MAGALHÃES, Ligia e ZILBERMAN, Regina. Literatura Infantil:
autoritarismo e emancipação. São Paulo: Ática, 1984.
PLATÃO. A República. GUINSBURG, J. 2ª Ed. São Paulo: Difusão Européia do
Livro, 1973.
SARAMAGO, José. A Caverna. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.
ZILBERMAN, Regina. A literatura infantil na Escola. São Paulo: Global, 1985.
,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,
MENSAGEM DA 8ª SÉRIE 2009
Essa é uma marquinha que nós alunos da 8ªsérie deixamos. Infelismente estamos saindo da Pastor, mas iremos deixar para mostrar que nós temos capacidade de mudar a imagem desta escola para que nunca esqueçam que nós passamos por aqui.Bem, fizemos a diferença. Pois então, quem disse que não conseguiriamos? Força jovem é o que nos motiva ao sucesso....

Professores autores recebendo homenagem _SEB 10 anos!

Bianca Hammes - Educadora_CEI_ SEMED (Minha filha que tanto amo)

11 de novembro de 2009

HOMENAGENS - LANÇAMENTO DE LIVROS





Homenagem à SEB pelos seus 10 anos de atividades.
Ofício nº 1257/09
Moção nº 223/09 de autoria do Vereador Eliomar Russi, um de nossos ilustres associados.
Dia 16/11, segunda- feira, às 15: 00 h, no plenário da Câmara Municipal de Blumenau.
Convocamos todos os associados, amigos e familiares para assistirem a sessão solene.
Dia 17/11/09 : Reunião mensal da SEB - no SESC da Amadeu da Luz – 19:30 h – Apresentação de candidatura.







Eventos literários - Festival Nosso Inverno



Prêmios/destaques meus na área da canção/dança/atuação/concursos estudantis e composição:

- Certificado Menção Honrosa- Presidente Liderança Grupo Jovem - Monte Castelo – 1977.

- Festival da Canção Jovem - Monte Castelo – 1978 ( 2° lugar categoria intérprete).

- Festival de dança - Monte Castelo – 1980 (2° lugar categoria dance).

- Vídeo "Projeto AVÓS CONTADORES DE HISTÓRIA" E.B.M Francisco Lanser - 1998.

- Composição de Rap com alunos sobre Trânsito - Cd pedagógico Unimed 2004

- Concurso estudantil Festa das Flores (2° lugar categoria - Princesa).

- Concurso estudantil Rainha dos Estudantes (2° lugar categoria - Princesa).

- Troféu "PROJETO COMUNICAR É APRENDER" E.B.M Francisco Lanser - 2004.

_ Certificado - Atuação na SEB - (categoria Diretoria)2004.

- Certificado GIGANTES 2006 - LITERATURA CATARINENSE - com participação no livro.
orgulho de ser brasileiro - Gustavo Siqueira.

- Concurso RESERVAER (2° lugar categoria - TROFÉU DE PRATA)Poema - Pássaro de Prata.

- Seleção - Poemas (antologia Virtual)- Sedução Virtual 2004.

- Seleção - Poemas (antologia Virtual)- Vida - 2005.

- Seleção - Contos (antologia Virtual)- Sonhos Verdes - 2007.

- Seleção - Poemas (antologia )Poema - A vida como ela é - 2008.

- Troféu "PROJETO UNIVERSO DO SABER" E.B.M GUSTAVO RICHARD - 2008.

- PÔSTER UM RIO DE lETRAS- Poema na Sala da Presidência (homenagem ao escritor)-2008.

Prêmio "TOP BLOG 2009" Certificado TOP 100 - melhor apresentação técnica específica (Categoria Cultura).
_ Certificado - Atuação 10 anos na SEB - 1999/2009 (categoria Diretoria e demais atividades).

---------------------------------

BAÚS LITERÁRIOS DA SEB
BAÚ CAIS POÉTICO - FÁTIMA BAUMGÄRTNER













Jantar 10 anos SEB

POSTAGENS

Digite o assunto da sua pesquisa

Siga nosso blog!

Alguns dos blogs que sigo

CLIC RBS

clicRBS

Últimas notícias

Carregando...

Postagens mais acessadas

Você é muito especial!

Ocorreu um erro neste gadget

Mapa do local

ALFABETO DO TANGRAM