29 de outubro de 2009

SEMANA DA BIBLIOTECA E DIA NACIONAL DO LIVRO




Na semana da biblioteca realizamos diversas atividades. Entre elas, a confecção de 7 livros ilustrados artesanalmente. Os mesmos apresentam poemas, letras de um hino, frases e desenhos com muita dedicação dos alunos. A capa de cada um deles, foi obra do (a) professor (a) de cada turma. Os poemas, frases, letras do hino da semana da biblioteca e os desenhos, são concorrentes aos prêmios (diversos) de 1º, 2, e 3º lugares em cada categoria.
Categoria I :Pré-escolar e 1º ano - desenhos.
Categoria II :2º ano e 3º ano - frases ilustradas.
Categoria III :4º ano e 4ª série - poemas ilustrados.
Categoria IV :5ª à 8ª série - letra do hino da biblioteca ilustrado.
No evento que dará a premiação, será lançado o livro em Prosa e Verso CAIS da Profª Fátima e Percursos do qual ela também é participante.


Dia Nacional do Livro

O dia 29 de outubro foi escolhido como Dia Nacional do Livro em homenagem à fundação da Biblioteca Nacional, que ocorreu em 1810. Só a partir de 1808, quando D. João VI fundou a Imprensa Régia, o movimento editorial começou no Brasil. O primeiro livro publicado aqui foi "Marília de Dirceu", de Tomás Antônio Gonzaga, mas nessa época, a imprensa sofria a censura do Imperador. Só na década de 1930 houve um crescimento editorial, após a fundação da Companhia Editora Nacional pelo escritor Monteiro Lobato, em outubro de 1925.

Origem do Livro

Os textos impressos mais antigos foram orações budistas feitas no Japão por volta do ano 770. Mas desde o século II, a China já sabia fabricar papel, tinta e imprimir usando mármore entalhado. Foi então, na China, que apareceu o primeiro livro, no ano de 868.

Na Idade Média, livros feitos à mão eram produzidos por monges que usavam tinta e bico de pena para copiar os textos religiosos em latim. Um pequeno livro levava meses para ficar pronto, e os monges trabalhavam em um local chamado "Scriptorium".

Quem foi Gutenberg?

O ourives culto e curioso Johannes Gutenberg (1398-1468) nasceu em Mainz, na Alemanha e, é considerado o criador da imprensa em série.
Ele criou a prensa tipográfica, onde colocava letras que eram cunhadas em madeira e presas em fôrmas para compor uma página. Essa tecnologia sobreviveu até o século XIX com poucas mudanças.

Por volta de 1456, foi publicado o primeiro livro impresso em série: a Bíblia de 42 linhas. Conhecida como "Bíblia de Gutenberg", a obra tinha 642 páginas e 200 exemplares, dos quais existem apenas 48 espalhados pelo mundo hoje em dia. A invenção de Gutenberg marcou a passagem do Mundo Medieval para a Idade Moderna: era de divulgação do conhecimento.

A Importância do Livro

O livro é um meio de comunicação importante no processo de transformação do indivíduo. Ao ler um livro, evoluímos e desenvolvemos a nossa capacidade crítica e criativa. É importante para as crianças ter o hábito da leitura porque com ela, se aprimora a linguagem e a comunicação com o mundo. O livro atrai a criança pela curiosidade, pelo formato, pelo manuseio e pela emoção das histórias. Comparado a outros meios de comunicação, com o livro é possível escolher entre uma história do passado, do presente ou da fantasia. Além disso, podemos ler o que quisermos, quando, onde e no ritmo que escolhermos.

Livros

por Adelaide Love
Os livros, penso que são
Como portas encantadas,
Que levam a lindas terras,
Onde moram anões e fadas.

Lugares longe e tão belos
Aonde eu não podia ir,
Mas, agora, com esta porta,
É só ter cuidado e... abrir.

Datas Comemorativas do Livro

JANEIRO
05 - Criação da Primeira Tipografia no Brasil
07 - Dia do Leitor

FEVEREIRO
07 - Dia do Gráfico
27 - Dia Nacional do Livro Didático

MARÇO
12 - Dia do Bibliotecário
14 - Dia do Vendedor de Livros
14 - Dia Nacional da Poesia
19 - Dia do Livro
28 - Dia do Diagramador e do Revisor

ABRIL
02 - Dia Internacional do Livro Infanto-juvenil - (Hans Cristian, Dinamarca, 1805 - pioneiro literatura infanto-juvenil)
04 - Dia do Livreiro Católico
18 - Dia Nacional do Livro Infantil - (Nascimento Monteiro Lobato, 1882)
23 - Dia Mundial do Livro e do Direito Autoral

MAIO
01 - Dia da Literatura Brasileira
13 - Dia da Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro
21 - Dia da Língua Nacional

JUNHO
10 - Dia da Língua Portuguesa

JULHO
25 - Dia do Escritor

SETEMBRO
02 - Dia Internacional do Livro Infantil
08 - Dia Internacional da Alfabetização
30 - Dia Mundial do Tradutor

OUTUBRO
04 - Dia do Poeta
29 - Dia Nacional do Livro

NOVEMBRO
05 - Dia Nacional da Cultura 15 - Dia Nacional da Alfabetização
23 - Dia Internacional do Livro



“O livro é lido para eternizar a memória.”
(Jorge Luis Borges)
................................
PARA SABER MAIS!
Lauda

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Lauda é cada um dos lados de uma folha.

Para trabalhos acadêmicos, as medidas padrões para a formatação de uma lauda em geral são:

Margem superior: 3,0 cm
Margem inferior: 2,0 cm
Margem direita: 2,0 cm
Margem esquerda: 3,0 cm
Citações: 1 cm (justificando à direita com fonte 10)
Entre linhas (espaço): 1,5 cm
Fonte: 12
Tipo: Times New Roman ou Arial
Formato de papel: A4
No caso de trabalhos de conclusão de cursos, as medidas padrão para a formatação de uma lauda são:

Margem superior: 2,5 cm
Margem inferior: 2,5 cm
Margem direita: 2,5 cm
Margem esquerda: 3,0 cm
Citações: 1 cm (justificando à direita em itálico com Fonte 10)
Entre linhas (espaço): 1,5 cm
Fonte: 12
Tipo: Times New Roman (Fonte serifada)
Formato de papel: A4
Já na televisão, as medidas padrões para a formatação de uma lauda são:

Margem superior: 2,5 cm
Margem inferior: 2,5 cm
Margem direita: 3,0 cm
Margem esquerda: 3,0 cm
Fonte: 12
Tipo: Times New Roman (fonte serifada)
Formato de papel: Carta
Para tradução, a configuração da lauda deve ser depende do tipo de tradução. Na tradução literária há 30 linhas com até 70 toques (ou caracteres), resultando em 2.100 toques. Na tradução juramentada, há 30 linhas com até 75 toques, resultando em 2.250 toques.

Referências
Maria Francisca Canovas de Moura (2005). Anexos. Página visitada em 13 de dezembro de 2008.
.................................................

Biblioteca: Download

Títulos disponíveis para download

As obras listadas abaixo podem ser obtidas mediante download do arquivo.

Alguns documentos aqui disponibilizados estão no formato Adobe (extensão PDF). Se você ainda não tiver o Adobe Acrobat Reader instalado em seu computador, clique aqui.

Letramentos no Ensino Médio
O livro “Letramentos no Ensino Médio” pretende abrir um diálogo com professores sobre as práticas de escrita e leitura dos jovens, dentro e fora da escola. Escrito por Ana Paula Corti, Ana Lúcia Souza e Márcia Mendonça, educadoras que trabalham com jovens em projetos da Ação Educativa, o livro compartilha experiências e sugestões, trazendo falas e relatos de estudantes e professores da rede púbica. O objetivo principal é auxiliar professores e educadores das várias disciplinas do Ensino Médio a apoiar o processo de letramento dos adolescentes. Solicitar na Ação Educativa: (11) 3151-2333
Cartilha - Direito Humano à Educação

Plataforma Dhesca Brasil e Ação Educativa, após anos de parceria, sentiram a necessidade de ter um documento comum, de ampla divulgação e fácil acesso, que sistematize seus conhecimentos e aponte caminhos para que os direitos humanos sejam realmente agregados às dimensões físicas e concretas da vida de todos.
Coordenação Editorial: Denise Carreira, Lígia Cardieri e Salomão Ximenes
Autores: Ester Rizzi, Marina Gonzalez e Salomão Ximenes
Revisão: Denise Carreira, Laura Bregenski Schühli, Ligia Cardieri e Suelaine Carneiro.

Clique para baixar.


Em Questão 6: Ensino Médio no Brasil

Autora: Nora Rut Krawczyk - Professora da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas

Coordenação editorial: Mariângela Graciano

Menos que pela permanente tensão sobre o sentido do ensino médio – preparação para o ingresso no ensino superior, para o mercado de trabalho ou para o exercício da cidadania –, o debate atual é impulsionado pela queda nas matrículas; ausência de professores especialistas, sobretudo química, física e biologia; desempenho insatisfatório dos estudantes nos exames, notadamente o Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB) e o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM); além da recente discussão sobre sua obrigatoriedade. Espera-se que esta contribuição possa alimentar e provocar as reflexões dos educadores do ensino médio e de outros que, mesmo não estando envolvidos diretamente com essa etapa do ensino, ainda assim estão preocupados com o presente e o futuro de nossos jovens.

Clique para baixar.


Que ensino médio queremos?

Relatório final do projeto Jovens Agentes pelo Direito à Educação - Jade
O projeto teve como objetivo a elaboração de diretrizes para políticas públicas de educação em escolas de ensino médio a partir de processos de diálogo entre estudantes e seus familiares, professores de escolas públicas, diretores, funcionários, integrantes da comunidade, agentes governamentais e da sociedade civil.

Clique para baixar.


Jovens e trabalho no Brasil: desigualdades e desafios para as políticas públicas
Quais as diferentes formas dos jovens combinarem estudo e trabalho? Esse foi o mote do livro “Jovens e Trabalho no Brasil - desigualdade e desafios para as políticas públicas”, de Maria Carla Corrochano, Maria Inês Caetano Ferreira, Maria Virgínia Freitas e Raquel Sousa. A publicação é baseada na análise de dados da PNAD (Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílio) de 2006, numa parceria entre a Ação Educativa e o Instituto ibi, com o apoio técnico do DIEESE.
Em Questão 4: O Plano de Desenvolvimento da Educação

Clique para baixar.


Em março de 2007 o MEC divulgou as linhas gerais do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE). Em meio às inúmeras informações, opiniões e interpretações colocadas na cena pública, a Ação Educativa considerou a necessidade de elucidar e qualificar o debate, sem torná-lo unilateral, dada a sua dimensão e importância e realizou um seminário em junho, em parceria com o CENPEC, que reuniu mais de 200 pessoas de 35 cidades de 7 estados. Pautada naquele evento, esta publicação traz alguns dos aspectos e polêmicas debatidos na ocasião por pesquisadores, ativistas e gestores públicos, que se dispuseram a discutir e refletir sobre o PDE.

Clique para baixar.

Igualdades e Diversidades: Promoção de Igualdade Racial nas Políticas Públicas – uma experiência em Santo André (SP)
A publicação resulta de formação desenvolvida pelo Programa de Educação de Jovens e Adultos junto a funcionários da Prefeitura de Santo André sobre a Eqüidade Racial nas políticas públicas. A iniciativa é uma linha de continuidade de outros programas e ações desenvolvidos por aquela administração municipal, com vistas à promoção da eqüidade racial e de gênero e a qualificar o atendimento da população pelos serviços de saúde locais.
Juventude e adolescência no Brasil: referências conceituais
Este caderno, produzido a partir de questões levantadas no GT Cidadania dos Adolescentes, é uma contribuição ao desafio de construir um marco conceitual sobre adolescência e juventude que favoreça a construção de políticas que melhor atendam às suas expectativas. Para contribuir com esse desafio, convidamos Helena Abramo e Oscar Dávila León a escreverem sobre o tema, submetemos a primeira versão do texto à apreciação de seis pareceristas e, a partir daí, os autores prepararam os textos aqui apresentados. Ao publicar este caderno, a Ação Educativa espera contribuir para fomentar o debate em torno das concepções de juventude e de adolescência que vêm orientando os diversos atores e sua articulação com as políticas.
Clique para baixar

Em questão 3 - Educação e exclusão no Brasil
Clique para baixar
A educação, tanto no senso comum como entre os especialistas, é considerada um dos fatores mais importantes para a mudança do padrão de desigualdade que marca a sociedade brasileira, bem como para seu desenvolvimento. Se é verdade que a oferta pública da educação do Brasil ao longo do século passado cresceu consideravelmente, é também certo que ainda não conseguiu atingir um patamar de qualidade, reproduzindo dessa forma padrões de desigualdades e iniqüidades. Esta publicação tem como objetivo central mostrar como a exclusão e as desigualdades socioeconômicas causam impacto na oferta educacional. Por outro lado, o trabalho almeja, também, indicar os fatores relacionados à oferta educacional que contribuem para a reprodução destas desigualdades.
A educação básica no Governo Lula - um primeiro balanço
Clique para baixar
A presente publicação propõe uma análise do conjunto das políticas de Educação Básica implementadas durante a primeira gestão do governo Lula, particularmente em três anos e meio. A proposta é realizar uma análise a partir de dois referenciais: 1. O Programa de Governo do PT, apresentado durante a campanha de 2002, buscando avaliar sua coerência programática e sua capacidade de sustentar os compromissos assumidos; 2. O Plano Nacional de Educação, o qual deveria balizar o horizonte das políticas públicas, uma vez que se configura em um Plano de Estado com metas até 2011.

Faça o mesmo com os demais, é só acessar e baixar. Ok?

ALMOÇO - HOMENAGEM AO PROFESSOR

No dia 15 de outubro, nos reunimos para comemorar o dia do professor!

Eis nossa querida Diretora Marita.

DIRETORA MARITA

FÁTIMA, RAULI E FRANCISCO

CLÁUDIA E SANDRO

ADELAIDE E PRISCILA

RAULI E FRANCISCO

NARA E CLÁUDIA

FÁTIMA E CÉLIA

INGELORE E KELY

SANDRO E ANDRÉA

LILI MARLI E INGELORE

GERTRUDES

GERTRUDES, MARITA E TÂNIA

TÂNIA E MARLI

LILI E MARLI

REUNIÃO PEDAGÓGICA NA SALA INFORMATIZADA
PROFESSORES PRESENTES

REUNIÃO PEDAGÓGICA NA SALA INFORMATIZADA
INGELORE E NARA

REUNIÃO PEDAGÓGICA NA SALA INFORMATIZADA
APRESENTAÇÃO DE ATIVIDADE NA BIBLIOTECA PELA PROFª FÁTIMA
LEITURA MULTIMÍDIA

REUNIÃO PEDAGÓGICA NA SALA INFORMATIZADA
RAULI, SANDRO

REUNIÃO PEDAGÓGICA NA SALA INFORMATIZADA
INGELORE, FONOAUDIÓLOGA SANDRA E MARLI

21 de outubro de 2009

IMPORTÂNCIA DA LEITURA

Paula Eduarda * Duda * Visita sala de aula da profª Fátima em 2004
Projeto "COMUNICAR É APRENDER"
http://www.youtube.com/watch?v=PSzt7q7w0ek

UM LIVRO POR DIA - Incentivo à leitura http://www.youtube.com/watch?v=NukzX3NCFmY

Hino Nacional Brasileiro em Lyric - Paula Eduarda (10 anos) - Rio 2016
allowfullscreen="true" width="425" height="344">
http://www.jornalsaladeaula.jex.com.br/pesquisas/criancas+-+homenagem+a+duda

A IMPORTÂNCIA DA LEITURA

Resumo

Aborda questões referentes ao papel do professor mediador de Leitura e Pesquisa na escola. Destaca a necessidade de organizar coletivamente um planejamento que integre as disciplinas, incorporando-o ao currículo escolar no P.P.P. da escola. Constata que as atividades da biblioteca escolar devem focalizar o processo pedagógico. Prioriza a importância de dinamizar as práticas de leitura e organizar o ambiente da biblioteca, tornando-o interativo.

Palavras-chave: Biblioteca escolar; Leitura; Processo pedagógico; Mediação; Escola – Biblioteca.


INTRODUÇÃO

É função da escola, supervisionar as atividades desenvolvidas pelos profissionais. O professor mediador na biblioteca deve trabalhar com os professores e alunos e não para eles. Para tanto há que haver planejamento coletivo entre o mediador e demais profissionais que farão uso da biblioteca durante todo o ano letivo.
Os leitores que vão à biblioteca, se motivados, irão frequentá-la utilizando os recursos necessários para realizar atividades que lhe são de direito. Só assim,o prazer de ler e o sentido da pesquisa passa a existir. A forma de integrar as disciplinas deve ser dinâmica e incorporada ao currículo escolar garantida no P.P.P. da escola.

Atribuições do mediador de leitura e pesquisa:

- participar do desenvolvimento de uma educação de qualidade, planejando coletivamente as atividades curriculares.
- fazer da biblioteca um local atraente, de modo a que os leitores, sintam prazer em frequentá-la;
- estimular os alunos, lendo para eles e realizando dinâmicas de leitura;
- Demonstrar aos educadores que a biblioteca da escola existe como um espaço pedagógico de educação continuada;
- proporcionar momentos de debates que permitam ao aluno expressar suas idéias, questionar, tornando-se um leitor crítico;
- oferecer subsídios que promovam a apreciação literária, bem como a disseminação do conhecimento;
- favorecer o contato entre alunos das demais escolas.

REFERENCIAS

ABRAMOVICH, Fanny. Literatura infantil: gostosuras e bobices. São Paulo:
Lafore. 1989.
FAZENDA, Ivani Catarina. Prática interdisciplinar na escola. São Paulo:
Cortez, 1992.
FREIRE, Paulo. A importância do ato ler. São Paulo: Cortez, 1984.
GUERRA, Rosangela. Uma Bibliotecária assume seu papel de Educadora.
Revista Escola, São Paulo:58, p.28-9, jun. 1992.
MARTÍNEZ, Lucila; CALVI, Gian . Biblioteca & Escola Criativa: estratégias
para uma gerência renovadora das bibliotecas públicas e escolares.
Petrópolis: Autores & Agentes & Associados,1994.
_______________________

Maria de Fátima M. Baumgärtner
Profª Mediadora de Leitura e Pesquisa

DIREITOS DA CRIANÇA
Maria de Fátima M. Baumgärtner

O nome de cada criança
É a sua identidade
Tem também o sobrenome
Importante de verdade

A brincadeira faz parte
Da vida de toda criança
Brincar é uma arte
Que gera a confiança

Se a criança está doente
Deve receber cuidados
Ela merece tão somente
Seus direitos respeitados

Uma família unida
Que lhe dê muita atenção
E que jamais duvida
Do carinho e proteção

8 de outubro de 2009

ALFABETO DO PROFESSOR E EVENTOS!









A professora Gertrudes é especial para todos nós.
Ela é muito querida. Obrigada por me ensinar coisas legais, por ensinar a ler e escrever.

Amo a a lua, amo o luar. Amo você em primeiro lugar.












Continuem nos apoiando! Agora somos TOP 100 e Blog Stars! Sua participação é bem - vinda a este BlogStars!

Relembrando o dia da premiação!Organizadores do Evento

TROFÉU TOP BLOG

Apresentadora Iris presente no evento e premiada por seu blog celebridades


Acesse e vote! Basta clicar no selo:
Cada visitante somente poderá dar seu voto uma única vez ao dia - enquanto o limite de decisão de pontos diários não for excedido para cada BlogStars através da votação.

Obrigado pela sua participação!
Estivemos entre os BlogStars mais votados através dos selos.




Alfabeto do Professor
(Mª de Fátima M. Baumgärtner)

A me seus alunos
B em – vindos sejam seus ideais
C reia na capacidade de transformar
D ê significado ao que planeja
E duque através dos bons princípios
F ale menos e ouça mais
G oste do que faz e torne-se realizado
H onre a profissão que escolheu
I dealize a cada dia novos projetos
J ulgue seus atos para melhorar sempre
L eia muito para saber sempre mais
M ostre seu valor através do que sabe fazer
N utra sua mente com ideais entusiastas
O rgulhe-se pelo dom de ensinar e aprender
P rocure demonstrar serenidade e justiça
Q ueira sempre a qualidade naquilo que faz
R espeite seus alunos para ser respeitado
S orria para transmitir boas energias
T enha paixão pelo que faz
U niversalize a sabedoria
V alorize seu aluno para ser valorizado
X da questão? A educação traz a solução
Z ele pela ética e sua dignidade
............................
Educador transformador
(Mª de Fátima M. Baumgärtner)
Quem se propõe a mudar
Tem um ideal a seguir
No processo vivencial
Que se destina cumprir

O processo educativo
Faz parte da atuação
É postura dirigida
Que forma o cidadão

Ocorre no cotidiano
Natural atividade
Enfoca a busca do novo
Transformando a realidade

Quem transforma a realidade
Não é um ser isolado
Mas um conjunto de mentes
De um modo organizado

O resgate do professor
Está em nossa ação
Ou se descobre o caminho
Ou lutaremos em vão

Nenhuma ação por si só
Consegue nos mobilizar
Só o compromisso coletivo
Tem o poder de transformar
..........................
Nossa querida poeta Fabiana Lange assim escreveu para mim após ter recebido este alfabeto!

Que palavras mais lindas e reais Fátima!!!!
adorei!
Parabéns....

" Traga... sua alegria.. inunde minha vida!" ( Thedy Correa)

.......................
Obrigada Fabiana!
Beijos da Fátima
...........

Bom dia,

A Casa do Poeta Lindolf Bell anuncia que a partir de hoje - 10 de Outubro de 2009 - estão abertas as inscrições para exposições e lançamentos no Grão Espaço Cultural, para o ano de 2010.

Para fazer o download dos editais, basta clicar no link correspondente ao edital que você deseja:

Link para download do Edital de Exposições 2010:

http://www.4shared.com/file/139679223/694361b2/EDITAL_DE_EXPOSIES_2010.html

Link para download do Edital de Lançamentos 2010:

http://www.4shared.com/file/139679299/6a625167/EDITAL_DE_LANAMENTOS_2010.html

--------------------------------------------------------------------------------
Instruções para download:

1- Clique no link escolhido e o seu navegador abrirá o site de hospedagem 4shared.

2 - Clique no botão DOWNLOAD NOW, destacado em azul.

3 - Aguarde a contagem regressiva.

4 - Aparecerá um link com os dizeres: 'click here to download this file', clique nele.

5 - Abrirá uma janela pedindo autorização, vá em 'salvar arquivo como', 'salvar' ou 'download' (depende o navegador), selecione a pasta de destino, dê o OK e aguarde.

6 - Pronto, em poucos segundos, a janela indicará o final da transferência e o arquivo estará salvo em seu computador.

--------------------------------------------------------------------------------

Caso você encontre dificuldades para baixar os editais, mesmo com o passo-a-passo, entre em contato e lhe enviaremos por e-mail.


Atenciosamente,


Casa do Poeta Lindolf Bell

www.lindolfbell.com.br

Em anexo edital.
Grato

Jamil Antonio Dias
Cultura - SESC
47 3322 5261
Ramal 207
jamildias@sesc-sc.com.br
skipe:jamilandias
www.sesc-sc.com.br
.............................................
Olá amigos leitores!
Estimados Poetas, professores e afins...


Os convites, não são vendidos e sim carinhosamente enviados, não há taxas, apenas a necessidade de confirmar presença.

Assim sendo, reiterando o convite, salientando e solicitando á todos e mais uma vez, a gentileza confirmarem presença, pois estamos buscando patrocinadores e temos orçamentos a serem concluídos, que necessitam da especial atenção referente à quantidade de pessoas presentes.
Carinhosamente agradecemos,

Elizabeth Misciasci
Cônsul Cidade de São Paulo - Poetas Del Mundo -

Organizadores:
Elizabeth Misciasci e-mail:- imprensa@revistazap.org Cônsul Cidade de São Paulo - Poetas Del Mundo
Hiago Rodrigues Reis de Queirós e-mail: hiagorrdequeiros@ymail.com Cônsul Cidade Vila Brasilândia - Poetas Del Mundo

Elizabeth Misciasci - Jornalista, Humanista, Escritora, Pesquisadora. Presidente do Projeto zaP!
*Embaixadora Universal da Paz no âmbito do Círculo Universal dos Embaixadores da Paz.
Cercle Universel Des Ambassadeurs De La Paix - Suisse/France
*Membro Correspondente da Governadoria da InBrasci no Estado de São Paulo- Insti Bras Culturas Internacionais -
*Membro Efetivo AVSPE
*Cônsul Cidade de São Paulo - Poetas do Mundo -Brasil. -ID 2860
55 (XX) 11 9677.9428 e 55 (XX) 11 6461 1907
http://www.eunanet.net/beth/index.php
http://reticencias.blog-se.com.br/blog
http://www.avspe.eti.br/avspe2009/ElizabethMisciasci.htm
http://www.poetasdelmundo.com/verInfo_america.asp?ID=2860
http://www.revistazap.org

6 de outubro de 2009

SEMANA DA CRIANÇA

EDUCANDO PARA O TRÂNSITO

"O trânsito é uma disputa pelo espaço físico, que reflete uma disputa pelo tempo e pelo acesso aos equipamentos urbanos - é uma negociação permanente do espaço, coletiva e conflituosa. E essa negociação, dadas as características de nossa sociedade, não se dá entre pessoas iguais: a disputa pelo espaço tem uma base ideológica e política; depende de como as pessoas se vêem na sociedade e de seu acesso real ao poder". (VASCONCELOS, Eduardo A. O que é trânsito. São Paulo: Brasiliense, 1991)
Você sabe como se faz um desenho animado?
Se você quer trabalhar desenho animado, HQ ( história em quadrinhos) com seus alunos/filhos, use o Canal Kids.
http://www.canalkids.com.br/cinekids/cine1.php
...............................
Rua da passagem
(Lenine e Arnaldo Antunes)
Os curiosos
atrapalham o trânsito
Gentileza é fundamental
Não adianta
esquentar a cabeça
Não precisa avançar o sinal
Dando seta pra mudar de pista
Ou pra entrar na transversal
Pisca alerta pra
encostar na guia
Pára-brisa para o temporal
Já buzinou, espera, não insista
Desencoste o seu do meu metal
Devagar pra contemplar a vista
Menos peso no pé do pedal
Não se deve atropelar cachorro
Nem qualquer outro animal
Todo mundo tem direito à vida
Todo mundo tem direito igual
Motoqueiro, caminhão, pedestre
Carro importado, carro nacional
Mas tem que dirigir direito
Pra não congestionar o local
Tanto faz você chegar primeiro
O primeiro foi seu ancestral
É melhor você chegar inteiro
Com seu venoso e seu arterial
A cidade é tanto do mendigo
Quando do policial
Todo mundo tem direito à vida
Todo mundo tem direito igual
(...)
Sem ter medo de andar na rua
Porque a rua é o seu quintal
Todo mundo tem direito à vida
Todo mundo tem direito igual
Boa noite, tudo bem, bom dia
Gentileza é fundamental
Todo mundo tem direito à vida
E todo mundo tem direito igual
Pisca alerta pra encostar na guia
Com licença, obrigado,
até logo, tchau
Todo mundo tem direito à vida
E todo mundo tem direito igual
..............................
ESCOLA PASTOR FAULHABER
Nossos alunos terão cinema na escola no dia 14 de outubro em homenagem ao seu dia!
Estamos colaborando na questão do Letramento em nossa escola. Eu colaboro com apoio aos alunos através da leitura. Falamos a mesma linguagem. Assim dá certo! Já estamos tendo resultados. Devagar chegamos lá.
Procuro ler com eles os livros, revistas e jornais e incentivando a leitura e as idas às bibliotecas tanto da escola, da cidade, etc. Costumo dar livros de presente ou um caderno para que usem como diário pessoal, onde possam desenhar, escrever, etc. Quando já sabem ler, sugiro que leiam em voz alta e escuto-as com atenção. Em seguida, converso sobre o que foi lido. Com alunos do 3º ano e 4ª série estamos gravando em vídeo as suas leituras. Eles falam ao microfone e a caixa de som reproduz a voz de todos eles. Em seguida vamos ao Vídeo Maker para editar suas produções. Eles assistem via computador ou no Projetor. Na sala de Informática conhecem outros vídeos sobre o mesmo assunto. Não fazemos da leitura uma obrigação. Para fazer da criança um leitor, ela precisa ler com prazer. Procuramos identificar os assuntos de que elas mais gostam. Trabalhamos em parceria para que tenhamos aproveitamento. Os professores são maravilhosos, neste sentido. Todos planejam em conjunto. Adoro minha equipe de trabalho!

Frases sobre Crianças e livros

"De todos os presentes da natureza para a raça humana, o que é mais doce para o homem do que as crianças?" (Ernest

Hemingway)
-------------------------------------------------------------------------------------



Os nossos desejos são como crianças pequenas: quanto mais lhes cedemos, mais exigentes se tornam. Provérbio chinês
----------------------------------------------------------A melhor maneira de tornar as crianças boas, é torná-las felizes. Oscar Wilde
-------------------------------------------------------
"O que se faz agora com as crianças é o que elas farão depois com a sociedade." (Karl Mannheim)
--------------------------------------------------------

"Ainda acabo fazendo livros onde as nossas crianças possam morar."(Monteiro Lobato)
-------------------------------------------------------
Educai as crianças, para que não seja necessário punir os adultos. Pitágoras
--------------------------------------------------------------
"Nada assombra quando tudo assombra: é a idade das crianças."(Antoine Rivarol)
------------------------------------------------------

As crianças têm mais necessidade de modelos do que de críticas. Joseph Joubert
--------------------------------------------------------

"Ainda há gente que não sabe, quando se levanta, de onde virá a próxima refeição e há crianças com fome que choram." (Nelson Mandela)
-------------------------------------------------------
"Não devemos explicar nada a uma criança, é preciso maravilhá-la." (Marina Tsvetana)
--------------------------------------------------

"Mais vale sermos expulsos do convivio dos homens que detestados pelas crianças." (Richard Dana)
----------------------------------------------------
"Todas as grandes personagens começaram por serem crianças, mas poucas se recordam disso." (Antoine de Saint-Exupéry)
-----------------------------------------------------
Imaginando oceano, as crianças brincam na poça d água."( Carlos Novais )
--------------------------------------------------------
"A criança é um por natureza um ser do encantamento, um ser que experimenta a leveza, e que não retém a dor." (Cris Griscon)
-----------------------------------------------------
A criança é um por natureza um ser do encantamento, um ser que experimenta a leveza, e que não retém a dor."( Cris Griscon )
---------------------------------------------------

"O estudo, a busca da verdade e da beleza são domínios em que nos é consentido sermos crianças por toda a vida." (Albert Einstein)
-------------------------------------------------------------------------------------


"Nunca ninguém conseguirá ir ao fundo de um riso de criança." (Victor Hugo)
--------------------------------------------------------

“De todos os presentes da natureza para a raça humana, o que é mais doce para o homem do que as crianças?” (Ernest Hemingway)
--------------------------------------------------------
"Quero tornar-me aquilo que sou: uma criança feita de luz." (Katherine Mansfield)
------------------------------------------------------

"Crianças corrigem-se com muita facilidade." (Cícero)
-----------------------------------------------------------

Mais vale sermos expulsos do convivio dos homens que detestados pelas crianças.” (Richard Dana)
-----------------------------------------------------------------
"Só as crianças e os velhos conhecem a volúpia de viver dia-a-dia, hora a hora, e suas esperas e desejos nunca se estendem além de cinco minutos..." (Mário Quintana)
-----------------------------------------------------------

"As crianças de agora não se podem dirigir." (Robert Garnier)
----------------------------------------------------------

"As crianças acham tudo em nada, os homens não acham nada em tudo." (Giacomo Leopardi)
----------------------------------------------------
"Crianças gostam de fazer perguntas sobre tudo. Mas nem todas as respostas cabem num adulto." (Arnaldo Antunes)
----------------------------------------------

"A criança é a consagração da vida." (S. Poniazem)
-------------------------------------------------

"Imaginando oceano, as crianças brincam na poça d'água." (Carlos Novais)
-----------------------------------------------------

Sobre livros e leituras
Amar a leitura é trocar horas de fastio por horas de inefável e deliciosa companhia
John F. Kennedy
....................
É preciso fazer compreender à criança que a leitura é o mais movimentado, o mais variado, o mais engraçado dos mundos.
Alceu Amoroso Lima
............................
Não há melhor fragata que um livro para nos levar a terras distantes.
(Emily Dickinson)
..................................
De três coisas precisa o homem para ser feliz: benção divina, livros e amigo
Henri Lacordaire
......................
A leitura nutre a inteligência
Sêneca
................................
Um livro e como uma janela. Quem não o lê, é como alguém que ficou distante da janela e só pode ver uma pequena parte da paisagem.
(Kahlil Gibran)

5 de outubro de 2009

Confira novidades Aqui!

Sinto-me feliz em repassar esta notícia!
Mais uma SEBiana premiada: Desta vez é Fabiana! Concurso O Pensador 2009

Concurso Literário O PENSADOR III – 2009
ACADEMIA ITAPEMENSE DE LETRAS
2009-10-05 Artigos Ricardo Brandes e Fabiana Lange Ricardo Brandes e Fabiana Lange

Que tipo de pessoa você é?

Em um dia ocioso de setembro, lembro que entrei em uma loja de roupas e artigos femininos, situada no centro de Blumenau. Nos manequins, a moda que circulava nas ruas, coleção primavera/verão. Em busca de um presente de aniversário para uma grande amiga, fui surpreendida por uma vendedora ávida por comissões, e, enquanto olhava as araras, ela me pediu se podia me ajudar em alguma coisa. Imediatamente, concordei e agradeci pela ajuda oferecida. Falei então, que estava à procura de uma blusa mais social, porém, fui surpreendida com um ato infame da vendedora. Olhando para meu tipo físico (alta e bem gordinha) e sem me perguntar mais nada, ela lançou com fúria seu preconceito:
- Não temos roupas para o seu tamanho, pro seu tipo de pessoa!
Juro para você, caro leitor, que até tentei me defender, dizendo que a tal blusa não seria para mim, porém, as palavras amargas não saíram de minha boca, ficaram apenas latejando no meu pensamento, que a esta altura, já estava me matando.
Saí da loja arrasada, lembro que lágrimas de tristeza caíram como as gotas de chuva em frio dia de inverno. Naquele momento, tudo me pareceu sem cor.
Enquanto ia para casa, fiquei refletindo que tipo de pessoa eu era. Anos e anos de estudo não bastaram para que eu fosse valorizada. De que adiantava ter saúde em perfeito estado, se eu não entrava no manequim 36?

Até então, nunca tinha me incomodado com o fato de estar tão acima do peso, porém, a partir daquele dia eu mudei. Refleti muito sobre como os gordinhos são desvalorizados, pois geralmente, são as pessoas engraçadas do grupo de amigos, aqueles que sempre estão dispostos a fazer favores para os amigos, entretanto, são sempre os últimos a serem convidados para eventos sociais ou programas que exijam mais esforço físico. Os obesos, sempre têm de ter um ponto de compensação... Já que não vencem pela forma física, têm que vencer por outro aspecto: sendo inteligentes, muito amigos ou prestativos.

Hoje, depois de ler a respeito do assunto e ter procurado emagrecer, percebo que há muitos gordinhos que não são assim por opção, a maioria está na luta contra os ponteiros da balança, mas sempre acabam perdendo. Motivos biológicos, físicos e mentais são fatores determinantes no emagrecimento de uma pessoa. Como também estou nesta batalha, sofro tudo isso na minha pele, tatuada com marcas de minha luta.

Já perdi a neura de querer ficar igual à moça da revista, toda retocada com photoshop. Hoje, o que quero, é chegar à minha melhor forma física, tendo saúde e podendo usar as roupas que aquele manequim vestia. Hoje eu finalmente percebo que os tamanhos que tinham naquela loja não eram grandes o suficiente para minha inteligência.




PARABÉNS Fabiana! Você merece!

Por Fabiana Lange

www.site.pop.com.br/aguia2

*2º lugar – Crônicas

1 de outubro de 2009

PROJETO OS AVÓS CONTADORES DE HISTÓRIAS


PREZADOS LEITORES!

O projeto abaixo está registrado em minha Monografia e demais publicações de minha autoria, mas em centenas de sites podemos encontrar atividades parecidas e com resultados lindos!O meu já existe há 11 anos, iniciei com minha 4ª série em 1998.Só não conseguimos editar o livro ainda por falta de recursos. Muitos projetos parecidos existem, inclusive premiados.Quem já trabalhou este conteúdo, sabe que é maravihoso. Li muito para aprender com as trocas de relatos de outros professores. A diferença está em citar o nome ou fonte que nos inspirou ou que nos deu suporte para desenvolver algo relevante.

Os alunos são contadores de história e o que mais que está surpreendendo é principalmente o fato de criarem fantasias para cada história.
Eles apresentam músicas,trava-linguas, cantigas de roda e brincadeiras infantis entre as histórias.

Aqui a aluna Bruna da profª Fernanda do 4º ano.

Tudo o que fazemos já foi feito ou será realizado um dia. Por isso a importância de respeitar as autorias. Trata-se de respeitar quem já tem algo publicado e que nos serve de exemplo. Se voce prezado leitor, desenvolver algo parecido, crie um título e mãos à obra! Construa seu projeto. Você vai se emocionar com as histórias deles. Se alguém tiver interesse em desenvolver o projeto, comunique-se por e-mail, contando como foi. Obrigada!

Sugestão:
1- Crie um ambiente de idéias e elabore um tema com seus alunos.
2- Convide os avós para serem seus colaboradores na escola.
3- Realize atividades e com certeza fará sucesso com seus alunos.
Bons projetos!


INTRODUÇÃO

Acreditando que a atuação pedagógica assume função transformadora na formação de cidadãos conscientes, decidi elaborar um projeto que resgatasse o valor histórico-cultural das famílias de meus alunos.
Viver em grupo para uma criança, significa socializar-se, descobrir um novo meio de interagir no mundo; para o adolescente é afirmar sua individualidade; para o adulto é, entre outras coisas, a possibilidade de ver continuada a vida social, vivenciando através das novas gerações certas experiências que não poderiam ser compreendidas de outra forma, ou seja a aquisição e compreensão de uma herança cultural.


PROJETO TRANSDISCIPLINAR
OS AVÓS CONTADORES DE HISTÓRIAS
RODA DA CONVERSA, HORA DO CONTO, PALESTRAS, ARTES CÊNICAS, JOGOS, ENTREVISTAS, RELATOS, LEITURAS, REPORTAGENS, RELEITURAS.


OBJETIVOS
Desenvolver :
a expressão verbal e gestual;
espírito de grupo;
domínio da agressividade;
a capacidade de imaginação, percepção, observação e reflexão;
a atenção e memorização;

Oportunizar :
o trabalho do corpo;
organização de idéias e pensamentos;
o exercício da imaginação e do espírito criador;
a auto-expressão

Resgatar :
a história das famílias dos alunos;
valores e princípios éticos;
a cidadania;
a cultura dos antepassados;
a auto-estima;
os fatos relevantes da vida de cada família;
o respeito para com os idosos;
o encanto e a magia ao ouvir histórias;
a valorização da vida;
o prazer de ler.

ATIVIDADES DESENVOLVIDAS
Reunião
Entrevistas
Hora do conto
Exposição de objetos antigos
Exposição de brinquedos preferidos
Relato de experiências
Teatro
Linha de tempo
Caça-autores
Acrósticos literários
Produção de textos
Modernização de histórias
Cruzadinha encantada
Ordenar histórias
Fábulas em grupo
Puxa-palavras
Predição de histórias
Cantos
Agradecimentos
Coquetel


SUGESTÕES DE ATIVIDADES

ATELIER DE MÍMICA
ATELIER DE TEATRO DE FANTOCHE COM BALÕES
ATELIER DE RÁDIONOVELA
ATELIER DE TEATRO DE MÁSCARAS
ATELIER DE TEATRO DE SOMBRAS
ATELIER DE TEATRO DE DRAMATIZAÇÃO
ATELIER DE JORNAL FALADO

EDUCAÇÃO - LUDICIDADE
A atividade lúdica é indispensável à prática educativa, uma vez que a sua função, é transformar e libertar. A cada dia que passa, a educação lúdica vai se incorporando aos meios de atuação, ampliando os movimentos, as relações e mediando as reflexões do ser humano.


O JOGO E SUA UTILIDADE NA VIDA
“O jogo faz o ambiente natural da criança, ao passo que as referências abstratas e remotas não correspondem ao interesse da criança”. (Dewey)
Na infância o lúdico é um fenômeno preponderante que vai desaparecendo à medida que a criança vai crescendo.


RELATO DE ATIVIDADE PEDAGÓGICA

Ao iniciarmos o projeto, levei em consideração o resgate histórico das histórias das famílias dos alunos, uma vez que conhecendo a realidade deles , conseguiria atingir meus objetivos. Procurei aproximar-me das histórias que as crianças contavam em sala, passando então a registrar os dados obtidos, e em seguida construímos uma linha de tempo, em papel pardo, onde registramos a história de cada um.
Trouxemos para a sala fotos de familiares, álbuns de bebês, identificando assim cada uma das pessoas, desde o nascimento até a velhice.
Estudamos a certidão de nascimento, cada um fez a sua árvore genealógica
e apesar da pouca idade, fizeram um retrospectiva de suas vidas, do nascimento até os dias de hoje. Cada um contou a história da sua vida, através de recorte e colagem.
Foi possível tomar como ponto de partida as datas mais importantes para a classe e a partir de uma escala pré – estabelecida utilizando papel pardo para a confecção da mesma, exposta na parede da sala e na parede do corredor da escola.
Fizemos a identificação destas datas, com a informação do fato acontecido. Foi interessante colocar, além da data e o fato, pessoa(s) ou tipo de grupo social envolvido. Uma avó recitou vários poemas, afirmando que havia escrito 2.000 poemas em toda a sua vida. Esta avó nos presenteou com 2 poemas. Ela chorou muito, disse que sabia o motivo do choro, então a avó sorriu e me pediu que falasse.
A professora falou que havia sentido a mesma necessidade de chorar de emoção, por achar que nunca alguém iria valorizar seus poemas.
Mas que ela havia tomado coragem, e seguiu em frente até realizar o sonho de escrever seu primeiro livro.

Então a avó agradeceu por tanto carinho, pois agora ela estava certa de que não mais estava sozinha. O período de elaboração e aplicação do projeto foi de 3 meses. Os avós ficaram surpresos, pois seus netos começaram a visitá-los e aqueles que moravam longe, os telefonemas eram a solução. As crianças passaram a ter mais contato com seus avós através das tarefas que envolviam toda a família.
Os avós ficaram felizes, pois a aprendizagem dos netos passou a ser mais significante. Certas crianças com histórias de fracasso escolar, passaram a manifestar interesse em ler e escrever os relatos dos avós. Ao perguntar sobre a brincadeira preferida, como era a primeira professora, até mesmo em quem votou pela primeira vez para presidente, ou algum fato importante de suas vidas.
A colaboração de bisavós e avós paternos e maternos, não serviu apenas para resgatar a história brasileira, ou para desenvolver conteúdos, como em outros momentos. Esta análise me levou a entender ainda mais a importância da assistência individual que se deve prestar aos alunos , para compreender a história de vida de cada um deles.


Foi uma atividade que permitiu aos meus alunos a compreensão da noção de tempo. A capacidade de percepção, tanto do espaço como do tempo
A linha de tempo, considerou estas condições que demostraram no dia-a-dia das pessoas da localidade, da escola e da família a sucessão do tempo. Entrevistamos atores de teatro, fomos ao teatro assistir à peças infantis, para enriquecer nossas aulas. “Foi importante demais conscientizar os alunos, de que eles também irão viver estas etapas em suas vidas, sabendo conscientizar seus filhos para melhor aceitá-los quando isso acontecer”.


ENTREVISTANDO OS AVÓS: Aluna Sabrina Hammes (Foto autorizada pela mãe da aluna - Eu mesma) Ela entrevistou meu pai.



VOVÔ JOVINO

1- Quando você nasceu?
Nasci no dia 05 de outubro de 1926.

2- A sua infância foi feliz?
Minha infância foi tranqüila, meu pai era colono e eu o ajudava nas plantações.
3- Qual era a sua brincadeira preferida?
Brincar muito com pião, com os animais , subir em árvores.

4- Você estudou até que série?
4a série

5- Como era a sua família?
Sou membro de uma família de 4 irmãos, três homens e uma mulher sendo que esta foi adotada por meus pais, que não tiveram filha menina. Tínhamos animais de montaria, gado, cabras, carneiros, aves e suínos. Tive uma queda da cama, que me levou ao chão, sofri bastante já aos dois meses. Meus irmãos ainda possuem animais de montaria, mas eu optei pelo funcionalismo público, trabalhando desde os 22 anos como Agente de Portaria no D.N.E.R., vindo me aposentar no tempo previsto por lei.

6- Você lembra que tipo de roupa usavam naquela época?
As moças faziam roupas de sacas de trigo,(algodão) para trabalhar na lavoura, por serem leves, e usavam chapéus, para se proteger do sol. Mas para passeio, havia roupas bonitas, como ternos em risca de giz para os rapazes, e vestidos de seda para as moças.

7- Como foi a sua juventude?
Eu era muito faceiro, nunca saía de casa sem olhar no espelho várias vezes. Minha mãe cuidava muito de nossa roupa. Usava gel no cabelo, (brilhantina) para impressionar as moças.

8- Como era o namoro?
Era às escondidas, pois se os pais descobrissem, teria que casar, mesmo sem se gostar muito. Eu e a avó da Sabrina elegemos uma árvore muito linda, com uma abertura no tronco, onde escondíamos nossas correspondências. Eu vinha à cavalo e guardava minha carta e levava a de minha namorada. Ela fazia o mesmo. Por um bom tempo continuou assim. Até que um dia sua irmã Julinha teve que levar a carta por ela, mas ao invés disso ela entregou para a sua mãe. Aí todos ficaram sabendo, e o namoro se transformou em casamento.

9- O que você mais gostava de fazer?
Dançar, pois havia muitos tipos de dança, por exemplo a ratoeira, a moda do lenço, onde a moça era quem escolhia o par.

10- Quantos filhos você tem?
Tive 11 filhos ao todo. 8 meninos e 3 meninas. 3 meninos morreram com menos de 5 anos, 1 aos 8 meses de gestação, e o último com 25 anos, em 1997.
Tenho 3 filhos homens, casados.
As meninas, hoje são 3 mulheres casadas, competentes e felizes, uma delas é a Professora Fátima, que adora vocês, e ama o que faz.
11- E quantos netos?
Tenho 14 netos, sendo 9 meninas e 5 meninos.


12- Relate algum momento triste:
_ Foram muitas perdas: Minha esposa Aládia em 1989, 5 filhos homens, sendo que o último já estava com 25 anos. (97). E agora em setembro, perdi minha casa e tudo o que havia nela num incêndio. Mas conseguirei vencer este obstáculo.
12- E os momentos bons?
Também são muitos. O nascimento de meus filhos, vê-los vencerem na vida . Eu sempre tive trabalho, amigos, fui candidato a vereador, presidente de A.P.P.S., de paróquia, de Clube, e hoje estou aposentado, viajo muito, e sou feliz. Em 92 casei-me outra vez com a Tereza, uma pessoa calma que vive muito bem comigo. Já construí outra casa, e viverei novamente tranqüilo .


10- Deixe uma mensagem para nós.
“O Senhor é teu pastor, nada te faltará, segura nas mãos de Deus e vai”.

“Através da contação de histórias, os alunos recebem motivação para aguçar a imaginação e inteligência sensorial e criativa. O gosto e prazer pela leitura são fatores primordiais resgatados através desta dinâmica lúdica e essencial ao ser humano, pois temos necessidade de criar mecanismos estéticos que nos transportam ao mundo da imaginação. Este por excelência é o caminho da aprendizagem onde vão se aprimorando as escolhas e formas de apropriação do processo da leitura e escrita."

Alguns sites de musicalizaçao infantil:
http://www.labrimp.fe.usp.br/

http://artesemelodias.blogspot.com/

www.musicarteando.blogspot.com

http://lcissa.blogspot.com/

http://musiquinha-analuci.blogspot.com/

http://lengalalenga.blogspot.com/

http://www.brincando.partita.com.br/home.html

http://atorremagica.blogspot.com/


POEMA DA AVÓ IGNÊS Se quiser pesquisar sobre esta poeta no site abaixo:
http://www.clicrbs.com.br/jsc/sc/impressa/4,186,2609820,12878
JORNAL DE SANTA CATARINA - 08/08/2009 | N° 11700
A esperança resiste em versos

Avó do Joelson –
CONVITE
Convida-me, que vou com gosto
Perdoa-me, porque não tive calma
Também digo, você é tão linda de rosto
Fátima , mais linda é tua alma
Você será uma professora eleita
Para seus alunos, dá ensinos promissores
Você é mesmo maravilhosa e perfeita
Fátima, você tem uma alma de flores

Você é uma pessoa cheia de bondade
Fátima , não contive minha emoção
Desejo-lhe a mais doce felicidade
E mando-lhe um beijo em seu coração
Não sou boa em contar histórias
Esqueci a história de vez
Só que aí tive uma glória
De estar entre vocês
Você é uma pessoa bela e pura
Senti na alma, mas não consegui lhe falar
Pode ser numa noite bem escura
Mas a sua estrela continua a brilhar
Estou tremendamente orgulhosa
Sinto uma alegria sem fim
Você é a mais linda rosa
Que nasceu no meu jardim
Escrevo-lhe algumas linhas
Para tê-las como recordação
Mando-lhe lembranças minhas
Para guardá-las, no teu coração
É disto que tanto preciso
Desta tão pura esperança
De ver um lindo sorriso
No rosto meigo das crianças
Você é uma pessoa inesquecível.
É maravilhoso encontrar uma pessoa assim.
Fala com tanta bondade e doçura.
Jamais esquecerei esta tarde linda.
Meus netos e seus alunos estão em boas mãos.
Perdoe-me pelos erros, eram 11:00 horas quando acabei de escrever.
Com humildade e carinho de quem jamais a esquecerá.
Ignês Schmitt

Sonho
Eu vivo tão tristonha
Sem chance para sonhar
Meu coraçào não sonha
Tens outra em meu lugar
Meu sonho não é dourado
Meu mundo não é colorido
Já não estás ao meu lado
A vida já não tem sentido
Meu sonho já se desfez
Meu sonho foi ao chão
Sinto que choro mais uma vez
Tamanha é minha solidão
Lembro-me do teu carinho
Ignês Schmitt

Das carícias com calor
Hoje morro um pouquinho
De tristeza e de dor
Hoje no mundo vou sofrendo
Já não tenho felicidade
Aos poucos vou morrendo
De tanta saudade
Só sonho com a felicidade
E esta não volta jamais
Só ficou a triste saudade
Que faz o coração doer demais
Jamais vou esquecer a despedida
Quando você desfez nossa união
Você levou toda a minha vida
Amor preso em seu coração
Ignês Schmitt

POEMA DE AMOR

O tempo passou você não veio
Para mim a saudade deixou
Já acabou o tempo de te esperar
Já foi o momento de te amar
Foi só ilusão o teu amor
Meu coração sofreu a dor
Da separação da despedida
Da nossa união não concluída
Guardo a recordação dos carinhos teus
Na imaginação os sonhos meus
Foi a felicidade de quem te amou
Só restou saudade do sonho que ficou
Ignês Schmitt

Fascínio

Fiquei fascinada, algo me tocou
Flores perfumadas seu perfume deixou
Nas profundezas do interior
Da beleza do amor
Então na alma simboliza dores
Que acalma como flores
Amar e querer , alcance da razão
Não esqueça nossa canção
Uma melodia na multidão
Uma sinfonia da paixão
Um toque colorido na natureza
Um bom amigo com certeza
Da igualdade de construir
Da fraternidade de repartir

De um ser atrevido que quer sonhar
Do tempo perdido de te amar

Jesus, com tua divina proteção
Me livrastes de todos os temores
Teu amor chegou ao meu coração
...................
Sonhando acordada

Sonho acordada
São sonhos sem alegria
Sonhos da vida passada
Quando teu amor eu perdia
Ainda fui relembrando
Dos nossos dias felizes
Mas a saudade foi chegando
Deixando em meu coração cicatrizes
À noite eu estava dormindo
Contigo eu estava sonhando
Da saudade que eu estava sentindo
Meu coração estava chorando
Quando de madrugada acordei
Meu travesseiro estava molhado
No sonho eu chorei
Você não estava do meu lado
Mas tudo um dia se acaba
Tudo um dia vai ter fim
Só a saudade não se apaga
A saudade gravou em mim
Mas com tudo se acostuma
Só a saudade não me deixou
É como a flor que perfuma
Este perfume no ar ficou
Amor, você é inesquecível
Sonho com você ainda mais
Esquecer-te é impossível
Porque a saudade dói demais
Amor, não me desesperas
Te peço, não me faças sofrer
Meu coração ainda te espera
Meu coração ama você
Amor, não me deixes tão aflita
Não me maltrates tanto assim
Mas meu coração ainda acredita
Que um dia você volte pra mim

...............................
Relatos do Vovô Ivo

Nasci no dia 28 de abril de1938.Tenho dois lindos netos: Ana Carolina e Rhuan Filipe. Tive uma infância difícil, com muito trabalho na roça. Em 1958 eu vi uma onça.
Conheci vários países. Como voluntário, viajei 32 dias de navio para o Egito. Na ida, o navio Barroso Parreira nos levou. Na volta foi o Ari Parreira.
Conheci algumas cidades : Rio de Janeiro, Recife, Casa Blanca e Gênova, e alguns países: África, Itália, Egito.
Ao todo eram 20 caminhões que os levavam para a fronteira entre Israel e Egito. Pedi para conhecer Jerusalém e consegui. Estive no jardim das oliveiras, poço de Jericó onde Jesus tomou água. Em Belém, também pude visitar vários lugares.
Ao todo eram 750 voluntários. Hotel, avião e ônibus, era tudo grátis, pagos pela ONU.
Muitos soldados faleceram. Durante o dia , fazia 40o e à noite 2o . Na volta do Canal Suez, eu tinha 440 dólares. Trabalhei na Cremer por 32 anos. Minha esposa chama-se Cristina. Tenho 3 filhos: Luis Ricardo, Rosana Maria e Cinara Cristina.
Minha brincadeira preferida era de circo. Montamos um e cobrávamos ingresso. Aos 14 anos usei meu 1o par de sapatos. Só tive um irmão e três irmãs. Casei-me aos
nem todos cumprem o que prometem. Estudei até a 4a série. E a minha mensagem para vocês, é a seguinte:
“Não prometam aquilo que não puderem cumprir”!
...................................
Os alunos participaram ativamente das atividades propostas. A escola ofereceu o espaço social de construção dos significados éticos e constituem toda e qualquer ação de cidadania. relevância de discussões sobre a dignidade do ser humano, a igualdade de direitos, a recusa categórica de formas de discriminação, a importância da solidariedade e do respeito. inserção É tornar o indivíduo consciente, íntegro e, acima de tudo feliz. Para isso não poderá haver diferença entre educação e prazer. Educar ludicamente não é jogar lições empacotadas para o educando consumir passivamente.
É preciso pois que os pais voltem a substituir o “amor máquina”, pelo “amor afeto”, para que a criança adquira autoconfiança e venha para a escola cheia de desejo de aprender e de descobrir meios de construir seu conhecimento.
É preciso estabelecer vínculos afetivos com os idosos. É urgente respeitar os idosos na sua magnífica vivência, aceitando-o como ele é, formando uma
CONCLUSÃO
A criança ao chegar na escola, espera encontrar um amigo, um guia, um animador, um líder. Alguém muito consciente, que se preocupe com ela e a faça pensar, tomar consciência de si e do mundo. E que seja capaz de dar-lhe as mãos para construir com ela uma nova história e uma sociedade melhor.

BIBLIOGRAFIA
Almeida, Paulo Nunes de
Educação Lúdica .Técnicas e Jogos Pedagógicos. Paulo Nunes de Almeida. – Ipiranga : Ed. Loyola. 1994
Coelho, Nelly Novaes. Literatura Infantil : teoria,
análise, didática. 1993.
Carvalho, Bárbara Vasconcelos. A Literatura Infantil :
visão histórica e
crítica. 1989.
Cavalcanti, Zélia. Livros etc.../ Zélia Cavalcanti. – Brasília, Ministério da Educação e do Desporto, Secretaria de Educação à Distância ,[ 1996] . 58 p. il (Cadernos da TV Escola).
\Nova Escola.Ano XIV - N.o 120. Mar/ 1999 . p. 34,35 .

POSTAGENS

Digite o assunto da sua pesquisa

Siga nosso blog!

Alguns dos blogs que sigo

CLIC RBS

clicRBS

Últimas notícias

Carregando...

Postagens mais acessadas

Você é muito especial!

Ocorreu um erro neste gadget

Mapa do local

ALFABETO DO TANGRAM