26 de abril de 2011

REVISTA ZAP - A MAIS NOVA ESCRITORA DO BRASIL

REVISTA ZAP - A MAIS NOVA ESCRITORA DO BRASIL
Cultura, informação, Convites, Sugestões, dicas e Noticias zaP!-

ZAP! NEWS 60.428 exemplares - Sexta-feira, 15 de abril de 2011
Editora Berlendis apresenta Grandes Poetas Italianos para as crianças
Postado por Elizabeth Misciasci em 15/04/2011

Coleção Prima Rima explora o mundo mágico da linguagem poética

Chega às livrarias, este mês, a obra A Fiança, escrita em 1798 por um dos maiores poetas da língua alemã, Friedrich Schiller. Ele se inspirou em um episódio que teria ocorrido em Siracusa, na Sicília, no século IV antes de Cristo. Com tradução integral de Juliana P. Perez e ilustrações de Jenny Brosinski, este é o segundo livro da coleção 'Prima Rima', da Berlendis & Vertecchia Editores.

Rimas, trocadilhos e metáforas são alguns recursos estéticos da obra que retrata a tragédia vivida pelo herói Dâmon. Capturado e condenado à morte ao tentar livrar sua cidade do tirano Dionísio, Dâmon negocia com o rei alguns dias para casar a irmã antes de ser executado, e deixa como fiança seu amigo Fíntias para morrer em seu lugar caso não volte no prazo estabelecido. Schiller, por meio das tragédias da vida, transmite ao leitor a supremacia da moral sobre o egoísmo. Assim a amizade entre o herói e Fíntias é colocada à prova.

Enriquecido com ilustrações fascinantes, o livro desperta a atenção do pequeno leitor e o faz conhecer o rico vocabulário da língua portuguesa, além de trazer a versão original do poema, em alemão, reproduzido bilíngue na íntegra ao final do livro. A cuidadosa tradução preserva o esquema métrico e as rimas, vertendo a balada para uma linguagem fluente e atual, mas sem perder a fidelidade com relação ao original.

Segundo o editor Bruno Berlendis, "a coleção 'Prima Rima' apresenta a poesia em suas diversas formas, como baladas e sonetos, entre outras, e alia ao rigor formal e estético um 'enredo' atraente para o público infantil. Esta é uma forma divertida de o jovem leitor iniciar-se nesse rico universo por meio do contato com alguns de seus mais ilustres autores", explica o editor.

- "As crianças gostam muito de poesia, mas é importante que elas ganhem repertório, para poder entender por si mesmas que não basta apenas a rima para se fazer poesia. É possível dizer que é próprio da criança criar usos inusitados, não descritivos da palavra, jogando uma contra a outra e assim por diante – algo bastante próximo da riqueza da linguagem poética, afinal", afirma Berlendis.

De acordo com o editor, as ilustrações das obras infantis têm suma importância, cada uma com uma função diferente, conforme a proposta e a maneira como elas se encaixam ao texto. "No caso de 'A fiança', as ilustrações sugerem imagens que, também no poema, não estão tão evidentes numa primeira leitura. Há uma parcialidade, um recorte que lembra o recorte poético – só enxergamos o quadro completo depois de terminada à leitura", finaliza.

Sobre o autor
Johann Christoph Friedrich von Schiller (*1759, Marbach –1805, Weimar) é um dos mais importantes poetas da língua alemã. Sua amizade com Goethe inspirou a redação de alguns de seus poemas e dramas mais belos. Em 1797, ano que ficou conhecido como Balladenjahr ('ano das baladas'), a frutífera colaboração entre os dois poetas deu origem a um grande número de criações nessa forma poética que se inspira na canção popular e que incorpora elementos narrativos. Alguns dos mais notáveis poemas de Schiller pertecem a esse período, como 'O mergulhador' [Der Taucher], 'Os grous de Ibisco' [Die Kraniche des Ibyskus], 'O anel de Polícrates' [Der Ring des Polykrates] e 'A luva' [Der Handschuh]. A capacidade de criação de Schiller permaneceu inabalável mesmo durante a grave doença pulmonar que acabou por levá-lo à morte em 28 de abril de 1805.

O poema 'A fiança' foi escrito em agosto de 1798 e publicado pela primeira vez no ano seguinte no Almanaque das Musas [Musen-Almanach], revista que Schiller editou de 1794 a 1800. O autor inspirou-se num episódio que teria ocorrido na ilha italiana da Sicília, no século IV antes de Cristo. Segundo esse relato, o tirano Dionísio coloca à prova a amizade entre Dâmon e Fíntias. Em sua balada, Schiller utiliza elementos de diferentes versões da história e a enriquece com novos recursos.

Sobre a ilustradora
Jenny Brosinski nasceu na cidade de Celle, na Alemanha, e estudou desenho na Escola Superior de Hamburgo. Também estudou ilustração na École Supérieure des Arts Décoratifs [Escola Superior de Artes Decorativas] de Estrasburgo, com uma bolsa do Office Franco-Allemand pour La Jeunesse [Escritório Franco-Alemão para a juventude]. Em seguida, estudou desenho e escultura na Escola Superior de Artes de Berlim.
Além de livros de arte e infantis, Jenny Brosinski desenha e pinta temas livres e produz gravuras em grandes formatos. Seus desenhos foram expostos no Slon Du Livre de Jeunesse [Salão do Livro da Juventude], em Paris, entre outros lugares. Hoje, a artista vive em Berlim.

Sobre a tradutora
Juliana P. Perez é tradutora e professora de literatura alemã na Universidade de São Paulo (USP). É autora de artigos sobre Rainer Maria Rilke, Kafka, Octavio Paz, Bruno Tolentino, Elza Lasker-Schüller, entre outros, e do livro Offene Gedichte ("Poesias abertas"), sobre o poeta Paul Celan.

Ficha técnica:
Organizador da coleção e editor: Bruno Berlendis

Maratona Cultural em homenagem aos 447 anos de Shakespeare terá 13 horas ininterruptas de cultura e lazer com entrada franca
Postado por Elizabeth Misciasci

Para comemorar o aniversário de William Shakespeare, o GLOBE-SP, realiza pelo sexto ano consecutivo, a Maratona Cultural em homenagem ao seu patrono

Na terça-feira, dia 26 de abril, o Globe-SP irá celebrar o aniversário de William Shakespeare com uma série de workshops, palestras, entrevistas e performances, que ocuparão todos os espaços da escola, das 9h às 22h.
Todas as atividades são gratuitas e serão desenvolvidas por nomes reconhecidos do teatro, do cinema e da TV, incluindo os diretores Ulysses Cruz, Ramiro Silveira, Juliano Barone e Ronaldo Marinsky, os atores Fernando Vieira, Marcello Boffa, Rita Grillo, Priscilla Carvalho, Daniela Flor, Miguel Hernandez, Wilson Canhas, Bruna Longo e Deborah Serretiello, a fonoaudióloga Monica Allegro, o produtor Eduardo Jacsenis, a coreógrafa Tatiana Guimarães e os músicos Renata Maciel e José Ferreira.
O aniversário de Shakespeare já faz parte do calendário cultural da cidade de São Paulo e todo ano atrai centenas de pessoas para o Globe-SP.
O evento homenageia o "homem do milênio" e também sua arte, pois os workshops oferecidos neste dia colocam o interessado em contato com as mais variadas técnicas de representação, com abordagens que abrangem as potencialidades do corpo e da voz, além da interpretação propriamente dita, tanto para teatro quanto cinema, TV e publicidade.
As inscrições para participar dessas atividades podem ser realizadas pelo site www..globe.art.br ou pelo telefone (11) 3097-9933. Os ingressos serão entregues aos inscritos pela ordem de chegada, trinta minutos antes do início da atividade, obedecendo ao limite de vagas.
Além de toda a programação de aniversário, o Globe-SP também conta com exposições permanentes sobre as montagens a partir da obra de Shakespeare e imagens das peças realizadas pela equipe. Possui também um grande acervo composto por livros, jornais, revistas e DVDs, destinados a estudos e pesquisas. A escola possui uma ampla infraestrutura, composta por estúdios de edição, projeção, gravação e interpretação em cinema, TV e publicidade, além de salas de ensaios e de um teatro de câmara.
Partindo do princípio que a cultura amplia nosso referencial, qualquer pessoa pode participar da comemoração. Independente de ser ator ou não. Trata-se se uma oportunidade única, na qual a troca de experiências com profissionais capacitados e atuantes no mercado cultural torna-se valiosa para todos que buscam aprofundar seus conhecimentos. Confira a programação completa em http://migre.me/4csDz
Serviço:
Aniversário de Shakespeare * 447 anos
Maratona Cultural em Homenagem ao patrono do GLOBE-SP
Atividades: Bate-papo do diretor Ulysses Cruz com artistas convidados, workshops, performances, happenings, palestras, recital e confraternização com bolo comemorativo.
Programação completa em http://migre.me/4csDz
Local - Globe-SP – Rua Capitão Prudente, 173 – Pinheiros – fone (11) 3097-9933
Dia 26 de Abril de 2011 (terça-feira), das 9h às 22h
Inscrições e reservas no site: www.globe.art.br
Entrada franca -Pedimos 1 kg de alimento não perecível (exceto sal e açúcar), que será doado para o Lar Infantil Alan Kardec / Ingressos limitados / Todos os ambientes fechados possuem ar condicionado / Não tem estacionamento / Faixa etária para todas as atividades - Livre / O Espaço Cacilda Becker é um ambiente ao ar livre, todas as atividades programadas para este ambiente, serão canceladas em caso de chuva.
Importante:
- Cada atividade tem um horário específico e os ingressos só começarão a ser entregues aos inscritos a partir de 30 minutos antes do início.
- Os ingressos serão entregues aos inscritos por ordem de chegada, obedecendo ao limite de vagas para cada atividade.
- A inscrição pelo site garante prioridade, porém não garante vaga. O inscrito deve chegar com antecedência mínima de 30 minutos para retirar o ingresso. Após esse prazo os ingressos serão disponibilizados para os inscritos em lista de espera, por ordem de chegada. Quem não se inscrever pelo site só poderá entrar caso os inscritos presentes não completem a lotação da atividade.
- Ao se inscrever no site, preste muita atenção aos horários de início e duração das atividades, tomando o cuidado para não se inscrever em atividades com horários concomitantes. Se isso ocorrer o sistema executará o filtro e escolherá aleatoriamente apenas uma das atividades para registrar a sua inscrição.
- Cada atividade começa rigorosamente no horário marcado e não será permitida a entrada após o início.
- Cada atividade possui uma lotação específica. Para saber a lotação da atividade escolhida, acesse o site www.globe.art.br

Palestra com Rubem Alves na Noite da Poesia - Convite para você!
Postado por Elizabeth Misciasci


Nossa Cultura lança o audiolivro Guerra por Contrato
Postado por Elizabeth Misciasci em 15/04/2011 00:14:00

São mais de dez horas de histórias do ex-capitão da infantaria britânica contratado como soldado de aluguel no sangrento e caótico Iraque pós-guerra

Abril de 2011 – Em setembro de 2003, James Ashcroft, um ex-capitão da infantaria britânica, chegou ao Iraque como um segurança particular, atraído pela possibilidade de voltar à ação e pelo dinheiro - 500 dólares por dia. Foi o começo de uma jornada de sangue e caos, que durou 18 meses e é contada em detalhes no livro "Guerra por Contrato – Relatos de um soldado de aluguel", que a Editora Nossa Cultura está lançando no formato de audiolivro.
O fim da Guerra do Iraque tinha sido anunciado desde o dia 1º de maio de 2003, mas seis meses depois a insurreição estava ganhando força e os ataques rebeldes se intensificavam. Dos cerca de 87 bilhões de dólares para a reconstrução do país, 30% tinham sido reservados para segurança, e no final de 2003 havia mais de 15 mil seguranças particulares no Iraque. Uma guerra que estava sendo lentamente privatizada.
Neste "diário" repleto de ação, 'Ash' revela os perigos de sua vida cheia de adrenalina, como um combatente da violência em Bagdá, ao mesmo tempo em que comenta suas impressões sobre o dia-a-dia em uma comunidade iraquiana e a percepção de que a Guerra ao Terrorismo é um grande erro de cálculo. "Para todo rebelde tirado de circulação, dois, cinco ou mais cruzavam as fronteiras para ocupar o lugar dele. O mesmo ocorria para cada civil morto, ou um membro de uma tribo que fosse envergonhado ao ser revistado na frente de sua família. Na manhã seguinte, dúzias de recrutas iriam para a insurreição", conta Ashcroft.
Em histórias contadas nos mínimos detalhes, de bombardeios de morteiro a revelações sobre o cotidiano em uma comunidade Iraquiana, Ashcroft compartilha a realidade nua e crua da guerra no Iraque - e suas consequências - direto da linha de combate, em uma linguagem direta e sem rodeios.

Guerra por Contrato chega ao Brasil por meio da Editora Nossa Cultura, em audiolivro, um formato versátil que proporciona uma infinidade de possibilidades de "leitura", adaptando-se ao ritmo de vida das pessoas do mundo atual. Os audiolivros podem ser ouvidos no carro, a caminho do trabalho, na academia, e em diversos outros momentos e situações em que não é possível ler um livro.
Eles são vendidos em CD ou mp3 e podem ser encontrados em livrarias de todo país, em lojas especializadas e no site da editora Nossa Cultura www.nossacultura.com.br/loja.


Sobre o autor – Como capitão da infantaria britânica, James Ashcroft serviu em Belfast Ocidental e na antiga Iugoslávia, e treinou com os exércitos de vários países da Otan, incluindo várias unidades da Marinha e do Exército americanos. Ashcroft foi contratado como segurança particular no Iraque, onde permaneceu de setembro de 2003 até a primavera de 2005. Ele atuou como conselheiro militar para "Shadow Company", documentário sobre o fenômeno das companhias militares privadas modernas. Recentemente, Ashcroft voltou com sua família para a África, onde continua a trabalhar como consultor de segurança, mas agora de volta a vida de civil.
Sobre a Nossa Cultura – Com sede em Curitiba (PR), a editora Nossa Cultura é especializada em audiolivros (ou audiobooks) e mídias que destaquem os recursos audiovisuais. Bastante popular em países como Estados Unidos, Inglaterra e Alemanha, o audiolivro pode ser ouvido em diferentes ambientes e situações, sendo a maneira mais prática de manter-se informado e desfrutar de grandes obras de maneira inovadora. O catálogo da Nossa Cultura é composto por mais de 250 títulos, entre obras próprias e de parceiros. Entre os títulos destacam-se Engolido pelas Labaredas, de David Sedaris, narrado por Marcelo Tas, Febre de Bola, Viva Como Você Quer Viver, O Sol Também se Levanta, a coleção Pensamento Vivo, de Rubem Alves (quatro volumes), a coleção Rubem Alves infantil (três volumes), Clube da Comédia Stand-Up, Darfur – uma nova história de uma longa guerra, China na África e A Família do Milênio. Na área de negócios, a Nossa Cultura tem os audiolivros Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas, A Nova Proposta de Warren Buffett, Cartas a um Jovem Investidor, de Gustavo Cerbasi, Terapia Financeira, Porque queremos que você fique rico e Pai Rico, Pai Pobre.
As biografias também estão presentes "Cartas a uma jovem atriz" da atriz Marília Pêra e " A saga das mãos" do maestro João Carlos Martins, são exemplos.
O catálogo completo pode ser conhecido no site www.nossacultura.com.br

Jovem escritora traz trilogia em literatura fantástica
Postado por Elizabeth Misciasci em 15/04/2011 00:02:00

GABI DIEHL – A MAIS JOVEM ESCRITORA DO PAÍS
TRAZ TRILOGIA SOBRE LITERATURA FANTÁSTICA


Com apenas 17 anos, Gabi Diehl {Foto} é a mais nova escritora brasileira. Lançou sua primeira obra na Bienal do Livro, As Bruxas de Westfield, o primeiro livro da trilogia. A escritora oferece, através da literatura fantástica, uma história baseada em elementos da fantasia juvenil, fictícios e repletos de mágica e mistério.

O ano de 2010 foi repleto de contemplações para a jovem escritora, que além de receber o Prêmio Jovem Brasileiro, na categoria cultural, foi convidada a fazer parte da Academia Metropolitana de Letras, Artes e Ciências, sendo a mais nova acadêmica do País. O segundo livro da trilogia, "As Bruxas de Westfield e o Reino Desconhecido", será lançado próximo a primavera e o terceiro está previsto para 2012.

Gabi Diehl se inspira em grandes nomes da literatura, como Agatha Christie, J. K. Rowling, entre outros.

Sua história: Com apenas oito anos de idade, Gabi Diehl começou a adquirir gosto pela leitura durante o período em que viveu nos Estados Unidos. Nesta época, ganhou um concurso na escola Chapel Trail Elementary School, em Pembroke Pines, na Flórida, com o conto "A Princesa e o Dragão". A partir daí, não parou de escrever e pesquisar sobre elementos sobrenaturais. Ao completar 13 anos de idade, iniciou sua primeira trilogia, 'As Bruxas de Westfiel', lançado no ano passado.

Sobre o livro: Mortes sem explicações começam a alterar o cotidiano da pacata cidade de Westfield. Um grupo de adolescentes decifra uma lógica por trás das mortes e defronta pela primeira vez em suas vidas com a magia. Quando estão definitivamente envolvidos com toda essa trama, descobrem que já é tarde demais para se arrepender e voltar atrás. Só resta uma alternativa: colocar suas vidas em risco diante do desconhecido. Nesta áurea de magia e aventura, talvez nem todos daquele grupo irão sobreviver.


GABI DIEHL
A mais nova escritora brasileira, Gabi Diehl, com apenas 16 anos, lançou sua primeira obra, ' As Bruxas de Westfield', na Bienal do Livro, em 2009. O segundo livro da trilogia, 'As Bruxas de Westfield e o Reino Desconhecido' já esta finalizado, e em pouco tempo será lançado. Suas obras são baseadas na literatura fantástica, e envolvem elementos sobrenaturais e fictícios, trazendo aos leitores muito mistério e magia.

Da Redação Revista zaP!
Jornalista Luis Miguel Pereira cria a Bíblia do Flamengo
Postado por Elizabeth Misciasci em 15/04/2011 00:35:00

Obra que levou três anos para ficar pronta, tem seu prefácio assinado pelo craque Zico.


Autor de mais de quinze livros sobre futebol, entre eles as Bíblias do Real Madri, Benfica, FC Porto e Seleção Brasileira, Luís Miguel Pereira é um premiado jornalista esportivo em Portugal. Atualmente, chefe de reportagem da SportTV e diretor da SportTV3, o autor conta que sempre acompanhou com fascínio a seleção brasileira e o Flamengo - "Eu tenho uma paixão pelo Flamengo desde os tempos do Zico. Portugal não estava presente com grande frequência em copas do mundo, por isso a seleção dos portugueses era o Brasil. Tratava-se de um tempo em que não havia internet nem a velocidade vertiginosa que corre hoje a informação. O máximo que tínhamos era alguns jornais e revistas internacionais que nos chegavam com algumas semanas de atraso. Recordo-me de uma revista francesa – 'Onze' - que tinha ótimas fotografias de todas as seleções e clube do mundo. Eu recortava as fotos e forrava os meus cadernos e livros escolares com esse material. Assim fui descobrindo o Flamengo... quase sempre 'pela mão' do Zico.

A "Bíblia do Flamengo" conta a história do clube de uma forma diferente e estimulante como nunca feito antes. O livro surpreende a cada texto, a cada página e proporciona ao leitor uma descoberta constante de fatos novos. No prefácio da obra, o craque Zico frisa que o livro o ajudou a entender a própria carreira e que inúmeros trechos aguçaram sua memória – "Na leitura fácil das fichas e curiosidades sobre ex-companheiros, notei o quanto será saboroso compartilhar as histórias vividas com meus netos. E, ao folhear passando mais velozmente as páginas, meu dedo parou por acidente no texto que lembrava a artilharia da Libertadores de 1981. Curioso porque aquela competição foi especial. Marquei 11 gols, dois deles no jogo contra Cobreloa, na final. Gols comemorados como se eu vingasse nosso time, que jogava bola diante de uma equipe que baseava sua estratégia na violência" - Diz o craque.

Zico também conta que ao receber o convite do jornalista português para prefaciar a obra, ficou receoso com o fato dela trazer como referência o livro sagrado dos cristãos, mas que após folhear atentamente a obra percebeu que o autor, em nenhum momento, tentou se valer de algum aspecto desrespeitoso – "A citação ao livro sagrado proposta por Luís Miguel Pereira – já usada para o Sporting Benfica e Seleção Brasileira – é adequada exatamente pela variedade de informações que ele conseguiu reunir num só almanaque."

Em suas 205 páginas, a Bíblia do Flamengo trás tabelas como "Hat-tricks de Zico"; "Renúncias presidenciais"; "Técnicos estrangeiros com mais jogos"; "Técnicos de sempre"; "Todos os títulos"; "Rubro-negros famosos" e a bem-humorada "Zoológico F.C." com nomes de jogadores ou apelidos de animais que já vestiram a camisa do Flamengo.
Algumas passagens do livro também merecem destaque como a do lendário goleiro da União Soviética, Yashin, que treinou no Mengo – único a receber a Bola de Ouro como melhor jogador da Europa - "O antigo goleiro do Vasco da Gama, Valdir Appel, conta que em um amistoso entre o Vasco e o Dínamo de Moscou, realizado em Caracas, se dirigiu a Yashin para lhe oferecer uma flâmula vascaína. O soviético sorriu e confessou, em bom português: 'Obrigado. Gosto muito do futebol brasileiro e do Vasco, mas torço pelo Flamengo. Boa sorte'."

Outra passagem interessante fala do primeiro gol coreografado - "O nome dele era Caio, artilheiro rubro-negro dos anos 70 e 80. Caio já levava 39 jogos a serviço do Flamengo e 12 gols marcados. Até aquele 3 de dezembro de 1972, Caio comemorava os gols sempre da mesma forma: salto seguido de soco no ar ou estendido no gramado debaixo de uma pilha de companheiros. Mas naquele dia, na goleada frente ao Fluminense (5 x 2) pelo Carioca, Caio resolveu comemorar cada um dos três gols marcados dando cambalhotas consecutivas. A ideia foi uma verdadeira revolução na época e abriu caminho para as coreografias que passaram a ser moda no futebol brasileiro. A partir desse momento, o artilheiro ficou conhecido para sempre como Caio Cambalhota."
São inúmeras as histórias e curiosidades sobre o Flamengo, vistas por ângulos nunca explorados. Ricamente ilustrado, a cada capítulo o livro trás frases de nomes importantes da história do clube e também de torcedores ilustres como Manuel José – Ex técnico do Benfica - "Há no mundo, cinco ou seis clubes míticos: Barcelona, Benfica, Milan, Boca Juniors e o Flamengo".

Sobre o autor:
Luis Miguel Pereira tem 42 anos e vive em Lisboa, em Portugal. É jornalista esportivo há 20 anos, chefe de reportagem da SportTv e diretor da SporTV3.
Autor de mais de quinze obras sobre futebol entre elas: Mário Jardel – Os meus segredos;
Dicionário do Futebol; Bloco notas de Laszlo Boloni; A arte de Simão Sabrosa; A luz não se apaga; Estórias D'Alvalade; Simão Sabrosa – O filme de um sonho; Bíblia do Benfica; Bíblia do Sporting; Bíblia do FC Porto; Biografia de Saviola, Bíblia da Seleção Espanhola; Bíblia da Seleção Brasileira, Bíblia do Real Madrid entre outros.

Bíblia do Flamengo
Editora: Almedina
Autor: Luís Miguel Pereira
Pág: 205



Freeway lança concurso cultural com viagem para Bonito
Postado por Elizabeth Misciasci em 15/04/2011


A Freeway lançou no dia 8 de abril um concurso cultural #bonitofreeway. A campanha, que terá validade de um mês, é feita em parceria com o Wetiga Hotel, em Bonito (MS). Para participar é necessário responder a pergunta - "Por que viajar para Bonito é com a Freeway?"
O vencedor da melhor frase ganhará 4 diárias no Wetiga Hotel + 3 passeios com acompanhante.
Existem duas formas de participar do concurso, uma através twitter e outra via Facebook. Caso a participação seja através do Facebook, o participante deverá seguir dois passos antes de responder a frase: 1° curtir a página da Freeway e 2° compartilhar o link da promoção.

Depois basta responder a pergunta "Por que viajar para Bonito é com a Freeway?" no álbum da promoção.
Se a participação for através do twitter o participante também deverá seguir dois passos antes de responder a pergunta: 1° seguir a Freeway e 2° retuitar a mensagem da promoção. Depois responda a pergunta com o hashtag #Bonitofreeway.
A divulgação do vencedor será no dia 13 de maio. A viagem deverá ser feita na baixa temporada de 2011, que vai do dia 14 de maio a 30 de junho e do dia 1 de agosto a 30 de novembro.

Para saber mais da campanha clique aqui, ou acesse o site da Freeway,
www.freeway.tur.br. Participem e boa sorte.

Banda Jazz Sinfônica de Diadema se apresenta na Virada Cultural
Postado por Elizabeth Misciasci em 15/04/2011

Concerto especial tem repertório com grandes compositores da música instrumental brasileira
A Banda Jazz Sinfônica de Diadema fará uma apresentação especial durante a programação da sétima edição da Virada Cultural Paulistana, que acontece neste final de semana, em vários pontos da Capital. Os músicos de Diadema se apresentam no domingo, 17, às 6h, no palco montado próximo à Estação da Luz. Este é o segundo ano que a Banda participa do evento.

Para este concerto a Banda Jazz levará seu espetáculo "Brazzilidades". O repertório inclui grandes compositores como Hermeto Pascoal, Moacir Santos, Egberto Gismonti e Raul de Souza. Serão homenageados intérpretes e compositores que levaram a qualidade da música brasileira para diferentes plateias da música instrumental em vários países, sendo representantes autênticos da nossa música.

Criada em 2001 e mantida pela Secretaria Municipal de Cultura, a Banda Jazz mantém em seu repertório obras de grandes nomes como Dorival Caymmi, Ari Barroso, Tom Jobim, Charlie Parker e Pixinguinha. Constitui-se de uma mescla das big bands norte-americanas, surgidas entre as décadas de 30 e 40, cuja concepção baseia-se em cinco saxofones, quatro trompetes, quatro trombones, seção rítmica e com os principais instrumentos da família das madeiras: flauta, clarinete, oboé, fagote e trompa.
Com repertório predominantemente de músicas brasileiras, no estilo jazz, a banda possui arranjos escritos exclusivamente para sua formação instrumental, garantindo assim músicas originais e que expressam personalidade. Desde 2006, o comando dos músicos está a cargo do maestro Todd Murphy, formado pela Universidade de Miami.
Todd já compôs arranjos para Zélia Duncan, Leila Pinheiro, Salford Bras Band, Sound Scape Big Band, Orquestra Jazz Sinfônica de São Paulo e atuou como trombonista em shows de grandes artistas como Toquinho, Gal Costa, Daniela Mercury, Ivan Lins, Rita Lee, Titãs e Elba Ramalho.
A Virada Cultural Paulistana acontece desde 2005, uma vez por ano. A iniciativa da Secretaria de Cultura de São Paulo promove 24 horas de cultura e entretenimento gratuito por toda a cidade. Luana Arrais

Serviço
Banda Jazz Sinfônica de Diadema - "Brazzilidades" na Virada Cultural Paulistana
Dia 17 de abril, domingo, às 6h
Palco da Luz
Próximo a Estação da Luz do metrô


--------------------------------------------------------------------------------

*Elizabeth Misciasci - Jornalista, Humanista, Escritora, Pesquisadora. Presidente do Projeto zaP!
*Embaixadora Universal da Paz no âmbito do Círculo Universal dos Embaixadores da Paz.
Cercle Universel Des Ambassadeurs De La Paix - Suisse/France
http://www.eunanet.net/beth/index.php
http://reticencias.blog-se.com.br/blog
http://www..avspe.eti.br/avspe2009/ElizabethMisciasci.htm
http://www.revistazap.org
Grupos: -
*Jornalismo e Literatura Informativos
http://groups.google.com.br/group/jornalismo_informando?hl=pt-BR
*Presídios Online
http://groups.google..com/group/presidios-online
*Express Jornal Poetas e Eventos
http://www.grupos.com.br/blog/express_jornal_poetas_eventos/
*Notícias, Eventos, Atualidades, Sociedade, Poetas e Poesias
http://groups.yahoo.com/group/noticiaspoetaspoesias
Poetas Maravilhosos
http://groups.google.com.br/group/poetas_maravilhosos
*Elizabeth Misciasci
Blog Local e Mais Notícias:
Acesse Aqui

Nos acompanhe no Twitter
Revista zap no Twitter: www.twitter.com/revistazap
Redação da Revista zaP!
zelo, amor e Paz!
São Paulo/SP - Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um comentário

POSTAGENS

Digite o assunto da sua pesquisa

Siga nosso blog!

Alguns dos blogs que sigo

CLIC RBS

clicRBS

Últimas notícias

Carregando...

Postagens mais acessadas

Você é muito especial!

Ocorreu um erro neste gadget

Mapa do local

ALFABETO DO TANGRAM