24 de setembro de 2009

Dia Municipal do Escritor

INFORMATIVO DA BIBLIOTECA PRINCESA ISABEL

Bom dia!
Hoje (29 de setembro) é dia de Formação para os professores que atuam em Biblioteca aqui em Blumenau.
Local: CEMEP
Horário: 13:30 às 17:30
Não esqueça!

Para comemorar o Dia Municipal do Escritor , hoje 29 de setembro, informo:

Em 1902, morre Émile Zola, escritor francês.
Em 1908, morre Machado de Assis,
Em 1547, nasce Miguel de Cervantes, escritor espanhol.

* Dia do escritor
Em homenagem aos dia do escritor, (29 de setembro) segue uma entrevista para eles e uma para você, que também é o escritor de sua história de vida!

Por favor, responda e participe. Precisamos da autorização no rodapé da mesma, para que possamos divulgar em nosso blog. Será sorteado um livro entre os participantes,(ainda estamos escolhendo a obra) portanto mãos à obra, literalmente:

 Logo abaixo desta, está a outra entrevista para quem não é escritor: Ok?

Obrigada!

Profª Fátima

Entrevista aos escritores:

Nome:
Natural de:
Apelido:
Nascimento:
Signo:
Filhos?
Quantos?
Trabalha?
Profissão:
Hobby:

Estilo de Música:
Livro predileto :

Livro de cabeceira:
Um (a) grande escritor (a) ou Poeta:
Uma frase inesquecível:

Programa preferido:
Prato Predileto:
Uma bebida saborosa:
Um doce:
Um Perfume:
Carro:
Cor:
Esporte pratica ou gosta de algum?

O que mais admira nas pessoas:
Animal de estimação?
Um nome:
Um filme:
Um grande Amor:

Saudades?
Detesta?

Supérfluo?
Fico Feliz quando:
Quando estou triste eu:
Sofro ao ver:
Queria muito:
Nem pensar:
Amigo pra mim é:
Sinto-me plenamente quando:
Viver é:
Preconceito:
Violência:
Fome:

Mania:

Um presente inesquecível:
Uma viagem dos sonhos:
Um sonho de consumo:
Chocolates ou Frutas:
- Por que?
Um desejo:
Um carinho:
Um presente:
Amigo (a) é: Felicidade é:
Um ídolo e porque:
Web site:

Blog:

Blog Leitura e Pesquisa: Nome Completo:

Blog Leitura e Pesquisa: Data de nascimento:

Blog Leitura e Pesquisa: Formação:

Blog Leitura e Pesquisa: Obra Literária Publicada? Qual?

Blog Leitura e Pesquisa: Na sua opinião, o que mais dificulta a produção literária individual de um escritor?

Blog Leitura e Pesquisa: Como surgiu o seu interesse pela literatura?

Blog Blog Leitura e Pesquisa: Na sua opinião, como a leitura e a pesquisa podem contribuir para a descoberta do potencial criativo e transformador dos educandos?

Blog Leitura e Pesquisa: Onde e quando começa o aprendizado para uma cultura sustentável?

Blog Leitura e Pesquisa: De que forma a literatura pode contribuir para esse aprendizado?

Blog Leitura e Pesquisa: Qual é a relação entre a sua vida e a sua obra?

Leitura e Pesquisa: Como você avalia a vasta malha literária veiculada na internet?


Blog Leitura e Pesquisa: A Internet tem contribuído para a divulgação do seu trabalho?

Blog Leitura e Pesquisa: Com que frequência você escreve?


Blog Leitura e Pesquisa: Qual a importância das antologias para a literatura brasileira?

Blog Blog Leitura e Pesquisa: A poesia nem sempre recebe o valor literário que possui. A que se deve isso na sua opinião?

Blog Leitura e Pesquisa: Como muitos afirmam, você concorda que matéria-prima do poeta é a palavra?

Blog Leitura e Pesquisa: Como você analisa o mercado editorial?

Blog Leitura e Pesquisa: Qual é a importância dada à literatura em sua vida?

Blog Leitura e Pesquisa: Quais são os seus maiores desafios atuais?

Blog Leitura e Pesquisa: E os planos para o futuro? Qual (is)?

Blog Leitura e Pesquisa: Você por você:


Blog Leitura e Pesquisa: Deixe uma mensagem/texto ou poema, que você queira compartilhar no blog:

 

Entrevista para os demais participantes:

Leitura e Pesquisa: Nome Completo:

Leitura e Pesquisa: Data de nascimento:

Leitura e Pesquisa: Formação:

Leitura e Pesquisa: Na sua opinião, o que mais dificulta a produção literária individual de um escritor?

Leitura e Pesquisa: Qual é o seu interesse pela literatura? Nenhum? Por quê?

Leitura e Pesquisa: Você conhece algum escritor? Muitos? Cite algum (uns):

Blog Leitura e Pesquisa: Com que frequência você escreve ou lê?

Leitura e Pesquisa: Na sua opinião, como a leitura e a pesquisa podem contribuir para a descoberta do potencial criativo e transformador dos educandos?

Leitura e Pesquisa: Onde e quando começa o aprendizado para uma cultura sustentável?

Leitura e Pesquisa: De que forma a literatura pode contribuir para esse aprendizado?

Leitura e Pesquisa: Como você avalia a vasta malha literária veiculada na internet?


Leitura e Pesquisa: Qual a importância das antologias para a literatura brasileira?

Leitura e Pesquisa: A poesia nem sempre recebe o valor literário que possui. A que se deve isso na sua opinião?

Leitura e Pesquisa: Como muitos afirmam, você concorda que matéria-prima do poeta é a palavra?

Leitura e Pesquisa: Como você analisa o mercado editorial?


Leitura e Pesquisa: Quais são os seus maiores desafios atuais?

Leitura e Pesquisa: E os planos para o futuro? Qual (is)?
Nome:
Natural de:
Apelido:
Nascimento:
Signo:
Filhos?
Quantos?
Trabalha?
Profissão:
Hobby:

Estilo de Música:
Livro predileto :

Livro de cabeceira:
Um (a) grande escritor (a) ou Poeta:
Uma frase inesquecível:

Programa preferido:
Prato Predileto:
Uma bebida saborosa:
Um doce:
Um Perfume:
Carro:
Cor:
Esporte pratica ou gosta de algum?

O que mais admira nas pessoas:
Animal de estimação?
Um nome:
Um filme:
Um grande Amor:

Saudades?
Detesta?

Supérfluo?
Fico Feliz quando:
Quando estou triste eu:
Sofro ao ver:
Queria muito:
Nem pensar:
Amigo pra mim é:
Sinto-me plenamente quando:
Viver é:
Preconceito:
Violência:
Fome:

Mania:

Um presente inesquecível:
Uma viagem dos sonhos:
Um sonho de consumo:
Chocolates ou Frutas:
- Por que?
Um desejo:
Um carinho:
Um presente:
Amigo (a) é: Felicidade é:
Um ídolo e porque:
Web site:
Você por você:
Deixe uma mensagem/texto ou poema, que você queira compartilhar no blog:

É primavera! As flores são lindas!
Hortênsia, nome de uma flor, que também se usa para mulheres. Essa palavra vem do francês. Na verdade, o naturalista Commerson deu à flor o nome de uma dama francesa (Hortense).
video aula hortênsias óleo sobre tela (amostra)

HORTÊNSIAS AZUIS

HORTÊNSIAS AZUIS

(à minha mãe)

Mãe é tudo igual, só muda de endereço. Com certeza, você já ouviu alguém falando isso. Mas não é verdade. Se cada um de nós pudesse retroceder a linha de tempo da vida e reviver sua infância, perceberia que tudo o que elas fazem, nos marca por todo o sempre. Minha mãe por exemplo, mudava a cada estação do ano. Nas doces manhãs de primavera, colhíamos juntas as hortênsias azuis que vovó havia plantado em nosso jardim, para embelezar nosso doce lar. Foram muitos os dias de verão, em que eu ajudava a pendurar a roupa cheirosa e branquinha no varal, as quais ficavam a noite toda qual vela desfraldando ao vento. Nas suaves tardes de outono, a varanda era nosso refúgio, onde se podia ver o espetáculo do por-do-sol. Foram longas as noites de inverno em que ela me aquecia com um bom chocolate quente e muitas histórias de assombração. Ela era pura e bela tal qual uma flor. Eu admirava a sua beleza ímpar e o seu jeito de ser, desprendida de vaidades, bastando apenas sentir a alegria de viver. Lembro-me que gostava de me debruçar no parapeito da janela para admirar a noite, mas ela dizia que isso não era atitude de menina educada. Acontece que ela me fez poeta, e não sabia que a inspiração, combina com a lua no céu bordado de estrelas, com o sereno que gela a face ruborizada ou com o silêncio que a noite traz. Ela ensinou-me a verdade com suas palavras certas nas minhas horas incertas. A minha infância ao lado dela era linda de viver, pois cantarolava o dia todo e a fantasia pairava em seus olhos qual borboleta sob a flor, balançando asas, querendo alçar voos na imensidão. Assim os anos foram passando e os seus cabelos negros ainda embelezavam seu rosto. Mas um dia, ela partiu. Cedo demais, pois ainda tinha muito por sonhar. Deus a chamou em silêncio, e ela disse sim, tornando-se uma estrela a mais, a brilhar no céu.

Maria de Fátima M. Baumgärtner

GIRASSÓIS AO AMANHECER

As manhãs primaveris
nunca mais serão as mesmas
Pois em cada amanhecer
Girassóis perfumam o ar
Abrigando humildemente borboletas multicores
E insetos curiosos a espreitar o néctar
Que forma a seiva da vida
Os girassóis repousam ao entardecer
Mas ao voltar o sol em cada amanhecer
Abrem-se em pétalas de um amarelo vivo e intenso
Como as mãos que se abrem e imploram
A suavidade de um toque humano
Girassóis plantados
por mãos ágeis
As mãos do amor cultivam as sementes férteis
A suave brisa
De nada mais precisa
Do que um jardim florido
Para dele roubar-lhe as pétalas das flores
No decorrer da existência
A sensualidade
Do despertar da adolescência
Inicia o desabrochar
Nas tardes primaveris
Há uma rede na varanda
Embalando os sonhos
E o calor do sol aquece o coração.
Mas ao entardecer da vida
Cada momento é um ponto de partida
Na busca incessante de ser feliz.
(De minha autoria - Fátima)
Vídeo aula girassóis óleo sobre tela (amostra)

A importância da leitura para crianças

SEMENTES DO HOJE
FLORES DO AMANHÃ

Eu sou uma criança
muito linda e inteligente
Eu sou a esperança
em forma de semente
Se você cuidar de mim
não vai se arrepender
Eu vou crescer bem forte
e bem feliz irei viver
Visita-se um jardim
dele vem conosco uma flor
Visite assim a minha vida
e contigo irá o meu amor
(De minha autoria - Fátima)

MÁRIO QUINTANA

A NATUREZA É BELA
"... O tempo é algo que não volta atrás.
Por isso plante seu jardim e decore sua alma,
Ao invés de esperar que alguém lhe traga flores ..."

William Shakespeare

Todo jardim começa com uma história de amor, antes que qualquer árvore seja plantadaou um lago construído é preciso que eles tenham nascido dentro da alma.
Quem não planta jardim por dentro, não planta jardins por fora e nem passeia por eles.

Rubem Alves

O segredo é não correr atrás das borboletas... É cuidar do jardim para que elas venham até você.

Mário Quintana

No misterio do sem-fim equilibra-se um planeta. E no planeta um jardim e no jardim um canteiro no canteiro uma violeta e sobre ela o dia inteiro entre o planeta e o sem-fim a asa de uma borboleta.

Cecília Meireles

'' ... O tempo é algo que não volta atrás.
Por isso plante seu jardim e decore sua alma,
Ao invés de esperar que alguém lhe traga flores ... ''

William Shakespeare

O ALFABETO DO PLANETA TERRA

Ajude a preservar as florestas
Busque harmonia no que faz
Cuide bem do seu jardim
Descubra formas de economizar energia
Encontre tempo para colher fruta no pé
Faça à natureza o que quer para você
Gaste menos água
Harmonize o meio em que vive
Inicie uma campanha pela paz
Jogue fora o consumismo
Libere seu senso de preservação
Mereça ser filho deste planeta
Nunca deixe de agradecer o ar puro
Olhe o pôr-do-sol a cada dia
Plante árvores
Queira sempre o bem das pessoas
Recicle seu lixo
Semeie o que pretende colher
Tenha sempre amor aos animais
Utilize o tempo com sabedoria
Valorize sua família
Xingue se alguém poluir o rios
Zele pela vida
(De minha autoria - Fátima)

Cordel de protesto de Luciana Rabelo, jornalista de Recife, Pernambuco, Brasil. Fonte: Midia Independente http;//www.midiaindependente.o rg

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um comentário

POSTAGENS

Digite o assunto da sua pesquisa

Siga nosso blog!

Alguns dos blogs que sigo

CLIC RBS

clicRBS

Últimas notícias

Carregando...

Postagens mais acessadas

Você é muito especial!

Ocorreu um erro neste gadget

Mapa do local

ALFABETO DO TANGRAM