8 de novembro de 2010

PROJETO PERCEPÇÃO DE RISCO - BLUMENAU

2010 ANO DA BIODIVERSIDADE



"Importa construir um novo ethos que permita uma nova convivência, planetária e cósmica; que propicie um novo encantamento face à majestade do universo e à complexidade das relações que sustentam todos e cada um dos seres.
Leonardo Boff
Bibliografia que recomendo:
Boff, Leonardo. Saber cuidar: ética do ser humano-compaixão pela terra. Petrópolis: Vozes, 1999.


CUIDANDO DO MEIO AMBIENTE








Leitura e reflexão

“Aprender a ser cidadão e a ser cidadã é, entre outras coisas, aprender a agir com respeito, solidariedade, responsabilidade, justiça, não violência, aprender a usar o diálogo nas mais diferentes situações e comprometer-se com o que acontece na vida coletiva da comunidade e do país. Esses valores e essas atitudes precisam ser aprendidos e desenvolvidos pelos estudantes e, portanto, podem e devem ser
ensinados na escola. [...] A melhor forma de ensiná-los, portanto, é estimulando reflexões e vivências. Mais do que os discursos, são a prática, o exemplo, a convivência e a reflexão, em situações reais, que farão com que os alunos e
as alunas desenvolvam atitudes coerentes em relação aos valores que queremos ensinar.”
(Fonte: LODI, L.H. & ARAÚJO, U.F. 2007. Ética e cidadania: construindo valores na escola. Brasília: MEC)

Vamos refletir através destes vídeos!


Em nossa escola (Blumenau – Santa Catarina) desenvolvemos PROJETO PERCEPÇÃO DE RISCO. Os alunos apresentarão trabalhos dia 03 de dezembro, numa mostra cultural para a comunidade. Blumenau sofreu em 2008, com uma das mais fortes enchentes com deslizamentos da história. Várias vidas foram ceifadas, muitas pessoas só agora, dois anos depois vão receber moradia digna outra vez. Esta preocupação com o meio ambiente, tornou-se o foco das nossas atividades deste ano. Nos tornamos TOP 100, mais uma vez, devido ao blog EDUCAR PARA A SUSTENTABILIDADE, que registra aspectos culturais, mas que dá ênfase aosa cuidados com nosso planeta. Um abraço de todos nós, nos visitem e deixem comentários!
Obrigada ! Profª Fátima


http://planetasustentavel.abril.com.br/noticia/lixo/conteudo_266206.shtml"




PARA SABER MAIS

Como saber se um papel é mesmo reciclado?
FONTE DE PESQUISA:
Revista Superinteressante - 15/12/2007
Por Nina Weingrill

Só olhando, não há como saber. Isso porque muitos dos papéis que têm aquela cor parda cheia de fiapinhos pouco ou nada têm de reciclados. Segundo a Associação Brasileira de Celulose e Papel (Bracelpa), papel reciclado é aquele feito somente com fibras secundárias, ou seja, que já foram utilizadas pelo menos uma vez.

Acontece que a fibra mais importante para a fabricação do papel, a celulose, vai enfraquecendo cada vez que é reutilizada, diminuindo de tamanho e perdendo a qualidade. Por isso, algumas empresas a misturam com a fibra virgem, aquela que nunca foi usada, precisando cortar novas árvores para produzir o material reciclado e manter as características do produto. Então, todo o processo que seria poupado na produção do reciclado (corte de eucalipto, processo químico para separação das fibras da madeira, gasto de água e energia e liberação do CO2) volta a ser necessário para conseguir a celulose novinha em folha.

"Fazer papel é uma receita de bolo", afirma Maria Luiza Otero, responsável pelo laboratório de papel do Instituto de Pesquisas Tecnológicas da USP (clique aqui e veja a receita no quadro). "Não dá para saber se o papel que recolhemos da rua tem as fibras de origem primária ou secundária", completa. Por isso, as empresas aproveitam suas sobras e as jogam no processo. As empresas se defendem dizendo que a introdução de fibras virgens é ecológica porque ajuda a fazer do papel reciclado um produto com qualidade e apelo no mercado.

O Brasil recicla cerca de 3,5 milhões de toneladas por ano (quase metade da sua produção de papel), mas muita coisa ainda vai para o lixo. O papel que acabar em um aterro, durante sua decomposição, solta o gás metano, que se perde na atmosfera e contribui para o efeito estufa.

Share Só olhando, não há como saber. Isso porque muitos dos papéis que têm aquela cor parda cheia de fiapinhos pouco ou nada têm de reciclados. Segundo a Associação Brasileira de Celulose e Papel (Bracelpa), papel reciclado é aquele feito somente com fibras secundárias, ou seja, que já foram utilizadas pelo menos uma vez.

Acontece que a fibra mais importante para a fabricação do papel, a celulose, vai enfraquecendo cada vez que é reutilizada, diminuindo de tamanho e perdendo a qualidade. Por isso, algumas empresas a misturam com a fibra virgem, aquela que nunca foi usada, precisando cortar novas árvores para produzir o material reciclado e manter as características do produto. Então, todo o processo que seria poupado na produção do reciclado (corte de eucalipto, processo químico para separação das fibras da madeira, gasto de água e energia e liberação do CO2) volta a ser necessário para conseguir a celulose novinha em folha.

"Fazer papel é uma receita de bolo", afirma Maria Luiza Otero, responsável pelo laboratório de papel do Instituto de Pesquisas Tecnológicas da USP (clique aqui e veja a receita no quadro). "Não dá para saber se o papel que recolhemos da rua tem as fibras de origem primária ou secundária", completa. Por isso, as empresas aproveitam suas sobras e as jogam no processo. As empresas se defendem dizendo que a introdução de fibras virgens é ecológica porque ajuda a fazer do papel reciclado um produto com qualidade e apelo no mercado.

O Brasil recicla cerca de 3,5 milhões de toneladas por ano (quase metade da sua produção de papel), mas muita coisa ainda vai para o lixo. O papel que acabar em um aterro, durante sua decomposição, solta o gás metano, que se perde na atmosfera e contribui para o efeito estufa.

http://planetasustentavel.abril.com.br/download/stand3-painel7-akatu.pdf
Evento faz balanço do Ano Internacional da Biodiversidade O Instituto Humanitare promove, dia 23 de novembro, a Conferência do Ano Internacional da Biodiversidade, que pretende fazer um balanço dos resultados das ações promovidas, em 2010, em prol da conservação da fauna e flora. O evento será transmitido em tempo real, via internet

FONTE DE PESQUISA:Mônica Nunes/Débora Spitzcovsky
Planeta Sustentável - 05/11/2010
Atualizada em 08/11/2010



Sarau dos alunos da Pastor Faulhaber 5º Ano: A bailarina

Poeta Aprendiz
Poeta Aprendiz Histórias com poesia, alguns bichos & cia
Poeta Aprendiz Essência A bailarina Cais - p. Cais - p.
prosa e Verso - Vol. 2 Poeta Aprendiz - p.
Minhas vidas en tuas mãos - p.
Pedra no lago - p. barão semeando Poesia - p.

A ÁRVORE DA VIDA
Atividade do 5º Ano em parceria na biblioteca escolar.
Livro: Reciclino
Planeta TERRA
Hai-Kais
Se esta rua fosse minha

Revista: Enchentes - A importância da Prevenção


Concurso de frases e poemassobre sustentabilidade 5º ano - Profª Cynara


Cynthia V. Nardes - Natureza bela

Natureza minha, natureza nossa.
Nossa vida está em ti, oh! Natureza.
Sua companhia é a nossa alegria
estampada em sua beleza.
Que sensação gostosa
Estar perto de ti, oh! Natureza.
Quero repetir para sempre seu nome.
Tenho orgulho de falar:
Oh! Natureza! Oh! Natureza!

Cleiton Amorim - Ajudem as florestas, jogando lixo na lata de lixo.
Jaqueline de Abreu A natureza é muito importante para nós e para os animais.

Matheus P. Lopes - Preservar a natureza é ótimo.


Lidiane Fagundes - A natureza está em volta de nós e dentro do nosso coração.
Daniela Fiori. A natureza traz paz para quem cuida dela.


Sabrina A. Moreira - As flores nascem da semente.

A semente precisa de água. Sem água ela murcha.


Gisele K. ferreira - Ajude o planeta, cuidando da natureza.


Josias S. Paula - Ajude o planeta, não poluindo os mares.

Priscila A. S. Padilha - Preserve a natureza, sem ela nós não vivemos.


Juliana T. Almeida - Use protetor solar, cuide de seu corpo.

Fabiana Malitz - A natureza é um lugar seguro, onde tem animais fofos.


Luana Ramalho - A floresta não é lixo. é a nossa vida.


Tuane C. M. Godoi - A natureza é importante para todos nós, por isso devemos cuidar muito dela.


Tainá C. Plautz - As árvores e os animais são muito importantes para nós.

Stefanie S. Pereira - A natureza é a nossa vida.

2º Ano -

Patrick - Eu rego as plantas do jardim e minha mãe, cuida da casa.

Kauane S. Ribeiro - A natureza é muito importante para nós. Não podemos destruir a natureza.
Temos que cuidar de nossa pele, pois o sol pode queimar e dar câncer de pele.


Mª Eduarda de A. G.
..............................

MÁRIO CARABAJAL E MIGUEL SIMÃO PRESTIGIAM ACADEMIA DE LETRAS DE ANTONIO CARLOS

As comemorações dos 47 anos de emancipação da cidade de Antonio Carlos
contou com uma série de atividades artísticas e culturais durante
toda semana.
No dia 05 de novembro, véspera do aniversário da cidade a grande
solenidade de posse dos Acadêmicos da Academia de Letras do Brasil
para Santa Catarina Municipal de Antonio Carlos reuniu diversas
autoridades literárias entre elas o Presidente Nacional da Academia de
Letras do Brasil (ALB) Dr. Mário Carabajal e o Presidente Estadual da
Academia de Letras do Brasil para Santa Catarina Professor Miguel João
Simão.
A Academia que tem como Presidente o Escritor e Historiador Rogério
Kremer que ocupa a Cadeira Nº01, tem em seu quadro os seguintes
Acadêmicos: Cadeira Nº 02 Acadêmico Flavio Münich, Cadeira Nº 03
Acadêmica Leonita Petri Kuhn, Cadeira Nº 04 Acadêmico Flávio Luíz
Egert, Cadeira Nº 05 Acadêmica Inez Pauli e Cadeira Nº 06 Acadêmico
Rony Alves Ramos.
A festa literária aconteceu no Centro Educacional e Cultural Cônego
DR. Raulino Reitz e reunião aproximadamente 300 pessoas que
prestigiaram a posse dos novos Acadêmicos e puderam participar do
lançamento dos livros “Entrando nas Escolas de Antonio Carlos”de
autoria do Escritor Rogério Kremer e do livro “Jogo da Vida” do
Escritor Tito Renato Hilleshein.
O ato de Juramento ficou aos cuidados do Presidente Nacional da ALB e
a Diplomação Oficial foi conduzida pelo Presidente Estadual da ALB em
Santa Catarina. Estavam presentes a comunidade Antonio Carlense ,
além de Acadêmicos das Academias de Letras de Biguaçu, São Pedro de
Alcântara, Florianópolis, Desterrense, Governador Celso Ramos, Alfredo
Wagner.
O evento cultural foi prestigiado pelo Prefeito Geraldo Pauli,
Presidente da Câmara Municipal de Vereadores Edson Decker, Secretários
Municipais, ex-Prefeitos , Pároco da cidade e outras autoridades
locais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um comentário

POSTAGENS

Digite o assunto da sua pesquisa

Siga nosso blog!

Alguns dos blogs que sigo

CLIC RBS

clicRBS

Últimas notícias

Carregando...

Postagens mais acessadas

Você é muito especial!

Ocorreu um erro neste gadget

Mapa do local

ALFABETO DO TANGRAM