24 de maio de 2010

APRENDENDO SUSTENTABILIDADE

BIBLIOTECA INTERATIVA


Ronaldo

Um belo brinquedo
O menino inventou
Seu doce segredo
Então revelou

Sem mágoa e sem medo
A bola chutou
Num doce enredo
Marcou o seu gol

A rede do craque
Então balançou
Partindo pro ataque
Fazendo o seu show

Embora tão cedo
O sucesso encontrou
Na ponta do dedo
O futuro avistou

Brasil é seu lema
O talento herdou
O título fenômeno
Então conquistou

No drible do passe
Sua camisa é dez
É ouro pra sempre
Na ponta dos pés

Maria de Fátima M. Baumgärtner

Versão em Português do tema da Copa do Mundo 2010.

Quando eu ficar mais velho eu serei mais forte.
Eles vão me chamar de liberdade, assim como uma bandeira ao vento.
E então ele vai voltar, então ele vai voltar.
E então ele vai voltar, oh!
Nascido de um trono, mais forte do que Roma.
Com uma tendência violenta, zona de pobres.
Mas é a minha casa, tudo o que sempre conheci.
Onde eu cresci, ruas por onde passeávamos.
Fora da escuridão, foi o mais distante do que cheguei.
Entre os sobreviventes.
Aprenda com essas ruas, ela pode ser sombria
Não aceite a derrota, a renúncia, o recuo.
Batalhamos, lutando para comer.
E nós queremos saber, quando seremos livres.
Então esperamos pacientemente por esse dia fatídico.
Ele não está muito longe, mas por agora nós dizemos.

REFRÃO

Quando eu ficar mais velho eu serei mais forte.
Eles vão me chamar de liberdade, assim como uma bandeira ao vento.
E então ele vai voltar, então ele vai voltar.
E então ele vai voltar, oh!
Tantas guerras, pontos se estabelecendo...
Trazendo-nos promessas, deixando-nos pobres.
Ouvi-os dizer: "o amor é o caminho".
"O amor é a resposta", é o que dizem.
Mas vejam como eles nos tratam, fazem-nos crentes.
Lutamos contra suas batalhas e eles nos enganam
Tentam nos segurar, não poderiam nos segurar.
Porque nós apenas temos que seguir em frente como Búffalo Soldiers
Batalhamos, lutando para comer.
Batalhamos, lutando para comer.
E nós queremos saber, quando seremos livres.
Então esperamos pacientemente por esse dia fatídico.
Ele não está muito longe, mas por agora nós dizemos.

REFRÃO

Quando eu ficar mais velho eu serei mais forte.
Eles vão me chamar de liberdade, assim como uma bandeira ao vento.
E então ele vai voltar, então ele vai voltar.
E então ele vai voltar, oh!

E todo mundo vai estar cantando
Eu e você estaremos cantando
E todos nós estarems cantando


PESQUISA DA SEMANA - PARTICIPE POR E-MAIL OU COMENTE AQUI NO BLOG

Qual a influência da Língua indígena e africana no brasil?

Tema - Pluralidade Cultural

Reconhecer palavras de origem africanas introduzidas na Língua Portuguesa e em nosso vocabulário diário;

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/recursos/3928/dominio-em-geo-0004.mp3

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/recursos/11683/videomaiseducacaopalavrasafricanas.mpg

http://educacao.uol.com.br/folclore/ult1687u24.jhtm


VOCABULÁRIO

A
abará: bolinho de feijão.
acará: peixe de esqueleto ósseo.
acarajé: bolinho de feijão frito (feijão fradinho).
agogô: instrumento musical constituído por uma dupla campânula de ferro, produzindo dois sons.
angu: massa de farinha de trigo ou de mandioca ou arroz.

B
bangüê: padiola de cipós trançados na qual se leva o bagaço da cana.
bangulê: dança de negros ao som da puíta, palma e sapateados.
banzar: meditar, matutar.
banzo: nostalgia mortal dos negros da África.
banto: nome do grupo de idiomas africanos em que a flexão se faz por prefixos.
batuque: dança com sapateados e palmas.
banguela: desdentado.
berimbau: instrumento de percussão com o qual se acompanha a capoeira.
búzio: concha.

C
cachaça: aguardente.
cachimbo: aparelho para fumar.
cacimba: cova que recolhe água de terrenos pantanosos.
Caculé: cidade da Bahia.
cafife: diz-se de pessoa que dá azar.
cafuca: centro; esconderijo.
cafua: cova.
cafuche: irmão do Zumbi.
cafuchi: serra.
cafundó: lugar afastado, de acesso difícil.
cafuné: carinho.
cafungá: pastor de gado.
calombo: quisto, doença.
calumbá: planta.
calundu: mau humor.
camundongo: rato.
Candomblé: religião dos negros iorubás.
candonga: intriga, mexerico.
canjerê: feitiço, mandinga.
canjica: papa de milho verde ralado.
carimbo: instrumento de borracha.
catimbau: prática de feitiçaria .
catunda: sertão.
Cassangue: grupo de negros da África.
caxambu: grande tambor usado na dança harmônica.
caxumba: doença da glândula falias.
chuchu: fruto comestível.
cubata: choça de pretos; senzala.
cumba: forte, valente.
Cumbe: povoação em Angola.

D
dendê: fruto do dendezeiro.
dengo: manha, birra.
diamba: maconha.

E
efó: espécie de guisado de camarões e ervas, temperado com azeite de dendê e pimenta.
Exu: deus africano de potências contrárias ao homem.

F
fubá: farinha de milho.

G
guandu: o mesmo que andu (fruto do anduzeiro), ou arbusto de flores amarelas, tipo de feijão comestível.

I
inhame: planta medicinal e alimentícia com raiz parecida com o cará.
Iemanjá: deusa africana, a mãe d’ água dos iorubanos.
iorubano: habitante ou natural de Ioruba (África).

J
jeribata: alcóol; aguardente.
jeguedê: dança negra.
jiló: fruto verde de gosto amargo.
jongo: o mesmo que samba.

L
libambo: bêbado (pessoas que se alteram por causa da bebida).
lundu: primitivamente dança africana.

M
macumba: religião afro-brasileira.
máculo: nódoa, mancha.
malungo: título que os escravos africanos davam aos que tinham vindo no mesmo navio; irmão de criação.
maracatu: cortejo carnavalesco que segue uma mulher que num bastão leva uma bonequinha enfeitada, a calunga.
marimba: peixe do mar.
marimbondo: o mesmo que vespa.
maxixe: fruto verde.
miçanga: conchas de vidro, variadas e miúdas.
milonga: certa música ao som de violão.
mandinga: feitiçaria, bruxaria.
molambo: pedaço de pano molhado.
mocambo: habitação muito pobre.
moleque: negrinho, menino de pouca idade.
muamba: contrabando.
mucama: escrava negra especial.
mulunga: árvore.
munguzá: iguaria feita de grãos de milho cozido, em caldo açucarado, às vezes com leite de coco ou de gado. O mesmo que canjica.
murundu1: montanha ou monte; montículo; o mesmo que montão.
mutamba: árvore.
muxiba: carne magra.
muxinga: açoite; bordoada.
muxongo: beijo; carícia.
maassagana: confluência, junção de rios em Angola.

O
Ogum ou Ogundelê: Deus das lutas e das guerras.
Orixá: divindade secundário do culto jejênago, medianeira que transmite súplicas dos devotos suprema divindade desse culto, ídolo africano.

P
puita: corpo pesado usado nas embarcações de pesca em vez fateixa.

Q
quenga: vasilha feita da metade do coco.
quiabo: fruto de forma piramidal, verde e peludo.
quibebe: papa de abóbora ou de banana.
quilombo: valhacouto de escravos fugidos.
quibungo: invocado nas cantigas de ninar, o mesmo que cuca, festa dançante dos negros.
queimana: iguaria nordestina feita de gergelim .
quimbebé: bebida de milho fermentado.
quimbembe: casa rústica, rancho de palha.
quimgombô: quiabo.
quitute: comida fina, iguaria delicada.
quizília: antipatia ou aborrecimento.

S
samba: dança cantada de origem africana de compasso binário ( da língua de Luanda, semba = umbigada).
senzala: alojamento dos escravos.
soba: chefe de trigo africana.

T
tanga: pano que cobre desde o ventre até as coxas.
tutu: iguaria de carne de porco salgada, toicinho, feijão e farinha de mandioca.

U
urucungo: instrumento musical.

V
vatapá: comida.

X
xendengue: magro, franzino.

Z
zambi ou zambeta: cambaio, torto das pernas.
zumbi: fantasmas.


cafundó (lugar distante), calundu (mau humor; birra), maribondo (há quem diga "marimbondo", mas a palavra original em quimbundo, uma língua de Angola, é "maribondo"), camundongo (em Portugal, "mouse" ou "rat" é "rato")


origem africana: angu, batuque, berimbau, cachimbo, engambelar, marimbondo, moleque, quitanda, quitute, samba, senzala, vatapá ...

cachaça", "dendê", "fuxico", "berimbau", "quitute", cuíca", "quiabo", "senzala","cangaço" "corcunda", "batucada", "zabumba","cachaça", "bafafá" e "axé"."bafafá" que significa confusão."axé" é uma saudação com votos de paz e felicidade.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um comentário

POSTAGENS

Digite o assunto da sua pesquisa

Siga nosso blog!

Alguns dos blogs que sigo

CLIC RBS

clicRBS

Últimas notícias

Carregando...

Postagens mais acessadas

Você é muito especial!

Ocorreu um erro neste gadget

Mapa do local

ALFABETO DO TANGRAM